Em reunião com 19 dos 20 clubes da Série A do Brasileirão, foi aprovado o retorno do público aos estádios em jogos da competição. Contudo, como algumas cidades ainda não aprovaram o retorno dos torcedores às arquibancadas, foram necessárias algumas alterações na tabela.

O público foi liberado para a 23ª rodada, no próximo fim de semana. Por isso, os jogos entre Bahia x Ceará e Santos x Fluminense foram adiados, porque o estado da Bahia ainda não liberou eventos esportivos com torcida. Já em São Paulo, a liberação passa a valer na próxima segunda-feira (4).

publicidade

Dois jogos sem torcida

Como a rodada acontece no sábado (2) e domingo (3), as partidas entre Palmeiras x Juventude, em São Paulo, e Red Bull Bragantino x Corinthians, em Bragança Paulista, também poderiam ser adiadas, mas os clubes mandantes preferiram realizar os jogos sem público.

Jogadores do Red Bull Bragantino
Jogo entre Red Bull Bragantino x Corinthians será realizado sem torcida. Crédito: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

A situação do Bahia é bastante particular, já que o tricolor de aço é o único representante de um estado que ainda não liberou o público nos estádios na série A do Brasileirão. O clube nordestino aceitou a decisão da maioria, mesmo não sendo beneficiado por ela até pelo menos a 26ª rodada.

Flamengo ausente

Dos 20 clubes da série A do Brasileirão, apenas o Flamengo não participou da reunião. O clube carioca emitiu uma nota na manhã desta terça-feira (28) afirmando que não enxerga autoridade no colegiado de clubes ou na CBF para decidir sobre a volta do público aos estádios.

Leia mais:

O Flamengo obteve uma liminar em um pedido para retorno do público aos seus jogos, a decisão, porém, teve seu efeito suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Mas, a suspensão do efeito da decisão valeria apenas até a próxima quarta-feira (29).

Entre os 19 clubes presentes na reunião, 18 votaram a favor da volta do público aos estádios, apenas o Athlético Paranaense foi contrário à decisão.

Via: UOL

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!