O ‘HackTudo’, festival que promove inclusão social e digital, liberou as inscrições para interessados em participar dos hackatons promovidos durante o evento. Com foco em profissionais de todo o Brasil, um dos desafios que chamam atenção é o “Transformando o mercado financeiro”, que tem como tema principal o “Open Banking”.

Para concorrer aos prêmios em dinheiro, os 30 primeiros times inscritos deverão encontrar uma solução prática para um desafio envolvendo o sistema aberto do Banco Central (BC), cuja finalidade é permitr o compartilhamento de dados entre clientes e bancos.

publicidade

Matilde Freitas, head de Tecnologia da financeira BNY Mellon para América Latina, ressalta que o Open Banking é uma tecnologia que “veio para tornar o sistema bancário mais transparente e competitivo” e isso torna a iniciativa ainda mais relevante para o momento.

A BNY Mellon, vale citar, é uma empresa global especializada em serviços bancários e financeiros, com sede na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, e a patrocinadora do hackaton “Transformando o mercado financeiro” deste ano.

Hacker participando de um hackathon digitando no teclado de um notebook
No total, serão R$ 35 mil em prêmios para os finalistas do hackathon. Imagem: Dmytro Tyshchenko/Shutterstock

O hackathon acontecerá de forma online entre os dias 15 a 24 de outubro. Serão 36 horas ininterruptas para tentar resolver o problema proposto.

Em seguida, uma banca julgadora elegerá os 10 melhores times para um “pitching” final aberto ao público.

Os finalistas vão concorrer aos seguintes prêmios: R$ 20 mil para o primeiro lugar, R$ 10 mil para o segundo e R$ 5 mil para o terceiro, além de um contrato temporário de trabalho remoto com possibilidade de extensão.

Leia mais:

Como participar do hackathon sobre Open Banking?

Para se inscrever, os times deverão ter entre três e no máximo quatro integrantes. Todos deverão ser graduados ou com experiência em programação, marketing, empreendedorismo, ciências econômicas, design, mídia digital, desenvolvimento de sistemas, engenharia da computação ou ciência de dados.

Em diversidade e inclusão, o hackathon conta com um critério especial nas regras para a formação das equipes: os times compostos por pelo menos duas mulheres terão prioridade na seleção.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no endereço www.hacktudo.com.br. O prazo final para se inscrever vai até a próxima segunda-feira (4).

Créditos da imagem principal: PR Image Factory/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!