O reboot de ‘O Exorcista‘ parecerá novo, embora ainda esteja conectado ao original, afirmou o produtor chefe da Blumhouse, Jason Blum. A empresa começou a desenvolver uma nova trilogia de filmes da franquia e, em entrevista ao site CinePop, ele expressou confiança na abordagem mais moderna e diz que pretende fazer para o clássico de William Friedkin, de 1973, o mesmo que foi feito com ‘Halloween’, de John Carpenter.

Ou seja, a ideia é limpar a lista de exacerbadas sequências feitas para redescobrir o que é interessante e bem-sucedido do original para, assim, continuar a história. Isso é evidenciado, diz Blum, por ter a mesma equipe criativa para lidar com projeto.

publicidade

“O que esperamos fazer com ‘O Exorcista’ é a mesma coisa que fizemos com ‘Halloween’, onde o filme original foi incrível, e a sequência sendo apenas ok, enquanto os outros não foram muito bons. Então, nós entramos e meio que reformulamos, e as pessoas gostaram. É isso que queremos com ‘O Exorcista’” explicou o produtor (veja no vídeo abaixo).

“Todos pensam que vamos cair de cara no chão, mas nossa equipe é muito boa, com o mesmo diretor e roteirista, (de ‘Halloween’), David Gordon Green e Danny McBride. Queremos que esse filme tenha um sentimento novo, diferente, mas, você sabe, conectado ao original, e também muito, muito assustador,” concluiu.

‘O Exorcista’, lançado em 1973, foi baseado no romance homônimo de 1971, escrito por William Peter Blatty, e é considerado um dos maiores filmes de terror já feitos. Já a Blumhouse Productions, fundada por Blum em 2000, tornou-se conhecida por diversas produções no gênero terror, gerando franquias de longa duração e projetos criativos independentes.

Vale ressaltar que a Blumhouse oferece aos diretores com quem trabalha total liberdade criativa, mas com a condição de que mantenham os orçamentos pequenos. O tipo de abordagem impactou significativamente o cinema de terror no século 21. Os sucessos que a produtora desenvolve geralmente fornecem retornos financeiros maciços, como ‘Atividade Paranormal’, de 2007, que arrecadou US$ 193 milhões em todo o mundo contra um orçamento de apenas US$ 300 mil. O risco permitiu, por exemplo, o pontapé inicial perfeito na carreira de cineastas como Jordan Peele e Leigh Whannell.

Leia mais:

O primeiro filme da nova trilogia de ‘O Exorcista’ está em desenvolvimento no estúdio, e já tem data: 13 de outubro de 2023. A trama apresentará uma nova história, focada no personagem interpretado por Leslie Odom Jr, (‘Hamilton’), pai de uma criança possuída, que pedirá ajuda a Chris MacNeil (Ellen Burstyn), já que a filha, MacNeil Regan (Linda Blair), lutou contra uma presença demoníaca no filme original.

David Gordon Green, que revitalizou a franquia ‘Halloween’ com a produção da Blumhouse, assume a nova trilogia, que dá seguimento aos eventos do original e ignora por completo as tramas de ‘O Exorcista II: O Herege’ (1977), ‘O Exorcista III’ (1990), ‘O Exorcista: O Início’ (2004) e ‘Domínio: Prequela do Exorcista’ (2005). Peter Sattler, que escreveu e dirigiu ‘Marcados Pela Guerra’, assina o roteiro do projeto.

Ou seja, por manter o filme de Friedkin como canônico, os próximos capítulos serão mais retcons do que reboots.

Fontes: Screenrant e CinePop

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!