Moradores de municípios como Andradina, Penápolis e Tupi Paulista, no estado de SP, divulgaram imagens mostrando vento forte e o céu encoberto por uma camada vermelha de poeira nesta sexta-feira (1). De acordo com o serviço de meteorologia Metsul, a tempestade de areia também atingiu o Mato Grosso do Sul.

No início da semana, o fenômeno aconteceu na região de Franca (SP) e se estendeu por municípios mineiros. Desta vez, as cidade de Três Lagoas, Sidrolândia e Nova Alvorada do Sul  (MS) também foram acometidas.

Leia mais:

Segundo relatos de moradores, uma forte ventania e a queda brusca da temperatura antecederam a tempestade. De acordo com o Metsul, os ventos chegaram a 68 km/h, e a temperatura, que estava em 41°C, caiu para 24°C. A visibilidade nos locais ficou extremamente baixa e comprometida pela poeira.

Tempestades de areia são comuns na Ásia

Em entrevista ao G1, o meteorologista Natálio Abrahão disse que as rajadas de vento podem afetar mais municípios de Mato Grosso do Sul, como Ponta Porã, Corumbá, Campo Grande, Dourados, Maracaju, Sidrolândia, Murtinho e Bonito.

De acordo com o Metsul, há previsão de temporais também para o fim de semana, podendo gerar novos episódios de “haboob”, fenômeno muito comum na Ásia.

Ele é causado por temporais de chuva com ventos fortes que, ao entrarem em contato com o solo seco, encontram resquícios de queimada, poeira e vegetação, o que acaba criando um “rolo compressor” de sujeira que pode chegar a até 10 quilômetros de altura.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!