Optar pelas criptomoedas na hora de efetuar pagamentos está virando tendência. No Brasil, os criptoativos estão ganhando cada vez mais força. Por aqui, segundo um levantamento recente da CoinPayments, dois nomes são destaque: o bitcoin, considerado o terceiro investimento preferido dos brasileiros, e o ethereum.

O bitcoin, a criptomoeda mais popular do mercado, já é utilizada em 77% dos pagamentos com criptoativos no Brasil, enquanto o ethereum ocupa a segunda posição, respondendo por 27% dessas transações. O total ultrapassa os 100%, já que a CoinPayments também suporta transações que combinam mais de um ativo digital na mesma operação financeira.

publicidade

Vale ressaltar que os números se referem apenas às operações intermediadas pela CoinPayments no Brasil — considerada a maior plataforma de pagamentos em criptomoedas do mundo, a empresa começou a operar no Brasil em abril deste ano.

Carteira com moedas de bitcoin
Bitcoin segue ganhando força no Brasil e na América Latina. Imagem: Lukas Gojda/Shutterstock

Segundo Rubens Neistein, gerente de negócios da CoinPayments no Brasil, o crescimento na adoção dos ativos digitais pode ser atribuído ao momento atual de instabilidade e crise na economia do país, o que acaba atraindo novos investidores e favorecendo o uso dos criptoativos como uma nova modalidade de pagamento.

A empresa também ressalta que o volume bruto de pagamentos com criptomoedas ultrapassou a marca de US$ 40 milhões (cerca de R$ 215 milhões na cotação atual) no primeiro trimestre de 2021, o que representa um aumento de 400% se comparado ao mesmo período do ano passado.

Leia mais:

Já os valores movimentados considerando toda a América Latina, partiram de US$ 14 milhões no primeiro trimestre do ano passado para US$ 340 milhões nos primeiros três meses de 2021, curva de crescimento que representa um aumento impressionante na casa de 2.300%.

Fundada em 2013, a CoinPayments já transacionou ao todo mais de US$ 10 bilhões em operações financeiras envolvendo ativos digitais, sua plataforma está disponível atualmente em mais de 200 países.

Créditos da imagem principal: kitti Suwanekkasit/Shutterstock

Via: Cointelegraph

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!