Após o lançamento oficial do Windows 11, nesta terça-feira (05/10), a Microsoft incluiu um aviso aconselhando usuários que não possuem dispositivos compatíveis a permanecerem no Windows 10.  O alerta é exibido em uma tela que antecede a instalação do novo sistema operacional.

O Windows 11 requer processadores de 8ª geração ou mais recentes da Intel e Zen 2 ou mais recentes da AMD, ambos compatíveis com a tecnologia TPM 2.0 que garante protocolos de segurança para autenticações do sistema. De acordo com a Microsoft, máquinas que não possuem tais recursos também podem instalá-lo, mas não receberão suporte ou atualizações de segurança, além de serem mais suscetíveis a bugs.

publicidade

O anúncio da MS expressa: “seu dispositivo pode apresentar mau funcionamento devido a esses problemas de compatibilidade ou outros (…) dispositivos que não atendem a esses requisitos de sistema não terão mais garantia de receber atualizações, incluindo, mas não se limitando, a atualizações de segurança”.

Microsoft inclui alerta de compatibilidade para instalação do Windows 11. Imagem: Microsoft
Microsoft inclui alerta de compatibilidade para instalação do Windows 11. Imagem: Microsoft

Dispositivos sem TPM 2.0 estão mais suscetíveis a tela azul

De acordo com a Microsoft, máquinas que não atendem aos requisitos mínimos do Windows 11 possuem 43% a mais de chances de sofrerem com travamentos, além de um aumento considerativo na incidência da Tela Azul, tradicional alerta do Windows para erros graves.

Leia mais:

Requisitos mínimos

Além da compatibilidade de processadores, a Microsoft também recomenda a seguinte configuração para dispositivos aceitarem o Windows 11:

  • Processador de 1 GHz com dois núcleos
  • 4 GB de RAM
  • 64 GB de memória disponível
  • UEFI, compatível com Inicialização Segura
  • TPM 2.0 habilitado
  • GPU compatível com DirectX 12 ou posterior com driver WDDM 2.0
  • Tela de 720p com 9 polegadas

Caso você não saiba a configuração do seu computador, a Microsoft oferece uma diagnóstico de compatibilidade na página oficial do Windows 11. Basta acessá-la e seguir os passos para instalação do app de de verificação de saúde do PC.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!