A primeira bicicleta elétrica da fabricante americana Pave Motors, a Pave 1, traz consigo um recurso peculiar: a substituição da chave física por uma autenticação NFT. Já célebre no mercado da arte, o NFT (sigla em inglês para “tokens não-fungíveis”) se trata de um certificado de autenticidade digital associado a uma rede blockchain.

Mas por que fazê-lo em um veículo de rua? Segundo a Pave, oferecer uma bicicleta à prova de furtos com um sistema de blockchain seguro. Segundo a fabricante, um dos principais motivos para a lenta adoção de veículos elétricos leves nas cidades — especialmente nos Estados Unidos — é o receio de roubo.

publicidade

O NFT serve tanto para bloquear quanto desbloquear o acesso da bicicleta elétrica. O código digital pode ser armazenado em um aplicativo chamado Pave+ e acessado mesmo sem conexão de internet. Além disso, há um cartão inteligente oferecido pela empresa americana para situações nas quais o usuário está sem telefone celular.

Novata no mercado, a Pave diz se orgulhar de tornar os veículos elétricos mais acessíveis em termos de manutenção. As pré-reservas para a Pave 1 abriram no mês passado após o lote das edições limitadas se esgotar. A fábrica da empresa fica no Brooklyn, em Nova York.

Bicicleta elétrica da Pave Motors
Bicicleta elétrica desbloqueia tanto com cartão NFT quanto com app de celular (Imagem: Pave Motors/Divulgação)

Bicicleta elétrica oferece 80% de recarga em 90 minutos

Criada pelos irmãos Nicolaus e Casper Nagel, a Pave 1 promete ser tão potente quanto uma motocicleta, porém mais estilosa e tecnológica. A bateria, por exemplo, se encaixa automaticamente na estrutura do veículo, então o ciclista não precisa carregá-la consigo quando estaciona.

A bicicleta com acesso NFT também possui uma bateria de íon de lítio de 50,4 V e 39 aH — aproximadamente 2 kWh —, com tempo de recarga completa estimado em 3h. Em metade do período, no entanto, já é possível operar o veículo com 80% de sua capacidade energética.

Bicicleta elétrica da Pave Motors
E-bike possui dois modos de direção e pode rodar até 105 km (Imagem: Pave Motors/Divulgação)

O motor BLDC da Pave 1 entrega 2 mil watts de potência no modelo Commuter e 3 mil watts no Freerider. A velocidade máxima é de 48 km/h, com autonomia de 80,5 quilômetros no modo urbano e 105 km no econômico.

De acordo com a Pave, o assento na bicicleta é feito da “espuma mais macia encontrada”. Feito em alumínio, o veículo pesa em torno de 45 quilos e inclui ainda um apoio extra para o passageiro na carona.

A Pave 1 custa US$ 3.900 (em torno de R$ 21.525, sem taxas de impostos) ou US$ 108 mensais (cerca de R$ 596 por mês). Por enquanto, as entregas, que começam no início de 2022, estão restritas aos Estados Unidos.

Via Auto Evolution

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!