A Motorola lançou hoje o Moto G Pure, um smartphone 4G com preço acessível e bons recursos, como uma bateria que a Motorola diz que vai durar até dois dias de uso e uma câmera principal de 13 MP. Lá fora, ele custa US$ 160 (cerca de R$ 881 no câmbio direto).

Esse intermediário é quase um dispositivo de entrada, e assim, pode ser uma boa opção para usuários que procuram um celular honesto, que não custe um valor absurdo.

publicidade

Processador Helio G25 e bateria de 4000 mAh

Moto G Pure
Moto G Pure / Divulgação: Motorola

Por dentro, o Moto G Pure conta com um processador Helio G25 da MediaTek com 3 GB de RAM, 32 GB de capacidade e uma tela de 6,5 polegadas. O armazenamento pode ser expandido com um cartão microSD de até 512 GB.

A bateria do Moto G Pure tem 4000 mAh de capacidade, e o carregamento é de 10W, que pode não ser tão rápido, mas pelo menos o adaptador vem na caixa.

Tela de 6,5 polegadas ocupa 81% da parte frontal

Moto G Pure
Tela é um dos destaques do Moto G Pure / Divulgação: Motorola

A tela tem resolução de 1600 x 720 pixels, com uma densidade de 270 pixels por polegada. Ela tem formato 20:9 e ocupa 81% da parte frontal do dispositivo. A câmera para selfies é de 5 MP, e fica em um recorte circular.

Câmera de 13 MP com PDAF

O conjunto de câmeras é duplo, com uma grande-angular de 13 MP e um sensor de profundidade de 2 MP. A câmera principal tem foco por detecção de fase, ou PDAF, e a Motorola promete fotos rápidas de ótima qualidade.

Leia também:

A pré-venda nos Estados Unidos começou hoje, com entrega prevista para o dia 14.

Outros lançamentos da Motorola

Além do Moto G Pure, a Motorola apresentou o Moto E40, que inclusive já foi homologado pela Anatel para ser vendido no Brasil, e o Moto E30.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!