A transição para motores limpos está bastante encaminhada em veículos da Audi. O modelo A4 2023 vai ser o último da marca no Brasil a usar motor a combustão. No mundo inteiro, a previsão da empresa é lançar o último carro a combustíveis fósseis apenas em 2025.

Oliver Hoffman, chefe de desenvolvimento técnico da companhia, confirmou, em entrevista à revista britânica Auto Express, afirmou que o Audi A4 vai seguir com a arquitetura MLB atual. Antes, havia um boato de que o sedã ia abandonar esta plataforma e assumir a base MQB, presente no A3. Mudança esta que faria a marca economizar US$ 1 bilhão.

publicidade

Leia mais:

Apesar de manter os motores a combustão, Hoffman anunciou que será uma nova geração, com o uso de gasolina e diesel. Esse tipo de propulsor parou de ser desenvolvido pela montadora, de acordo com Markus Duesmann, chefe da marca, em entrevista ao Automobilewoch, da Alemanha, no começo deste ano.

A promessa atual com o Audi A4 é que o motor seja um dos melhores que a marca já lançou. Hoffman acrescentou que o futuro reserva mais eletrificação, para que atendam às normas. O veículo e os outros a serem lançados até 2025 devem ter um ciclo de vida até 2033, antes da transição completa para os carros totalmente elétricos.

Audi A4
O A4 2023 vai usar a plataforma MLB. Imagem: Audi/Divulgação

Outro detalhe anunciado pelo profissional da marca de luxo alemã é que ainda existe a possibilidade de um A4 totalmente elétrico, em outra plataforma, já que precisaria de espaço para as baterias.

Os carros que usam combustíveis fósseis devem ser vendidos, no mínimo, até o final da atual década. Depois, a marca vai analisar as condições dos mercados e as mudanças nas regras sobre a adoção de veículos movidos à energia limpa. Atualmente, a União Europeia propõe o fim da venda de carros a combustão em 2035.

Via: Motor1

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!