O 30º aniversário de ‘Mortal Kombat‘, tecnicamente, não acontecerá até 2022. Mas antes do grande triunfo, o cocriador da franquia, Ed Boon, compartilhou alguns materiais inéditos do desenvolvimento do jogo original no Twitter – incluindo uma olhada na equipe descobrindo um dos movimentos mais famosos da série de games de luta em tempo real, com o especialista em artes marciais Daniel Pesina na pele do icônico Scorpion.

Em vídeo (veja abaixo) no qual fala através de imagens granuladas de VHS em 1992, Boon interrompe uma filmagem de captura de movimento sugerindo o que ele acha que seria um “golpe legal”. O que se segue é um “vai e vem” que mostra a equipe a descobrir o que seria, de fato, um dos ataques mais reconhecidos na história dos videogames.

publicidade

Em tuites após a divulgação do vídeo, o programador explica que o processo envolveu um pouco mais do que apenas “assistir um ninja amarelo fingir que atirava gravetos”. Como o movimento deve ser surpreendente para os oponentes, ele deve ser rápido, simples e legível – algo que, no vídeo, você pode ouvir a equipe discutir quantos quadros ele deve ocupar.

O material nostálgico também mostra a equipe de desenvolvimento de ‘Mortal Kombat’ decidindo que quanto menos animações exclusivas pudessem usar, melhor. Ou seja, em vez de gravar sequências “empaladas” sob medida para Scorpion e cada personagem do jogo, Boo revelou que eles pegaram emprestados quadros de animações já existentes para “remendar o movimento completo” dos lutadores selecionáveis.

“Estávamos tão sem imaginação que nem capturamos nenhum movimento para as reações da vítima. Em vez disso, pegamos emprestados os quadros de animação existentes. Você pode nos ouvir falar sobre a reutilização de uma das animações de knockdown da vítima – quando inicialmente são atingidas pela lança”, explicou Boon no Twitter.

Leia mais:

O ataque de Scorpion, conhecido como spear-throw, aliado a um icônico “get over here” (“venha aqui”, na tradução literal), pode muito bem ser um dos golpes de games de luta mais memoráveis da história, um movimento de jogo tão reconhecível quanto o “Hadouken” de ‘Street Fighter’ – se não mais. Em praticamente todos os títulos da franquia, o personagem atira a lança na direção do inimigo, puxa-o e causa muito, mas muito dano a quem quer que seja…

De qualquer forma, é fascinante ver as origens em uma sessão de gravação do jogo original, e Boon promete continuar compartilhando materiais nostálgicos sobre a história da série no “esquenta” para o 30º aniversário de ‘Mortal Kombat’.

Fonte: PC Gamer

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!