A sexta parcela do Auxílio Emergencial já pode ser sacada por trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico nascidos em julho. Esse público teve o valor depositado na conta digital da Caixa Econômica Federal no final de setembro. No entanto, o dinheiro só pode ser transferido para uma conta corrente a partir desta quarta-feira (13). O valor do benefício varia de R$ 150 a R$ 375 dependendo da família.

São duas datas e processos diferentes. Primeiro, o valor é depositado na conta digital, com isso é possível realizar pagamentos de conta de luz, água e outros boletos no app Caixa TEM. No entanto, esse valor não pode ser sacado ou transferido inicialmente. Para isso, existe uma segunda data, que para os nascidos em julho começou a valer hoje.

publicidade

Confira o calendário dos saques do Auxílio Emergencial para o público em geral:

Calendário dos saques da sexta parcela do auxílio emergencial
Imagem: Divulgação Caixa

O auxílio emergencial estava previsto inicialmente para ter quatro parcelas. O Governo Federal, no entanto, anunciou a segunda fase de transferências da prorrogação do benefício, que agora terá sete parcelas conforme estipulado no Decreto 10.740 do dia 5 de julho. No total, já foram desembolsados R$ 40,5 bilhões. 

“É mais uma etapa da operação do Auxílio Emergencial que o Ministério da Cidadania e seus parceiros realizam, com a certeza que estamos tendo um processo bem executado. Ao mesmo tempo, o Governo Federal trabalha para que o Auxílio Brasil seja o próximo passo na política social do país, com caminhos para a emancipação das famílias mais pobres”, afirmou João Roma, ministro da Cidadania.

As transferências da sexta parcela tiveram início no dia 21 de setembro e serão realizadas até 3 de outubro. Já os saques acontecerão de 4 a 19 de outubro. 

O calendário da sétima parcela prevê transferências de 20 a 31 de outubro, com saques de 1 a 19 de novembro.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!