A Corporação Chinesa para Ciência e Tecnologia Aeroespacial (CASC) está mostrando ao público, pela primeira vez, sua nova cápsula espacial, que será usada em futuras missões tripuladas do país. Segundo o Space a espaçonave, que já foi testada em órbita, está em exposição no evento Airshow China 2021, na cidade de Zhuhai, província de Guangdong.

Reutilizável, e ainda sem nome, o veículo pode levar até sete astronautas à Estação Espacial Tiangong, capacidade equivalente à Crew Dragon da SpaceX, ou três astronautas e 500 kg de carga. As cápsulas Shenzhou, usadas em todas as missões tripuladas chinesas até o momento e derivadas da russa Soyuz, transportam apenas três astronautas.

publicidade

Em 5 de maio de 2020 a nova cápsula foi lançada ao espaço, sem tripulação, a bordo de um foguete Longa Marcha 5B. O lado direito do veículo levava suprimentos para verificar a capacidade de carga, enquanto o lado esquerdo foi configurado como uma sala de estar para os astronautas, com uma mesa dobrável e um banheiro.

A nova cápsula espacial chinesa pode levar até sete astronautas à órbita da Terra. Imagem: CCTV.

A espaçonave experimental ficou em órbita por dois dias e 19 horas, durante as quais realizou uma série de experimentos científicos e tecnológicos, segundo a Agência Espacial Chinesa para Missões Tripuladas (CMSA, China Manned Space Agency).

“Conseguimos avanços significativos em proteção térmica e controle de precisão para o retorno e reentrada, bem como no projeto do motor e pouso sem danos”, disse Huang Kewu, diretor-adjunto do departamento de exploração lunar tripulada no 5º instituto de pesquisa da CASC, em declaração à emissora de TV estatal CCTV.

Leia mais:

“Esta nova geração de espaçonave tripulada é projetada para atender às necessidades de nossas operações em nossa estação espacial e na exploração lunar tripulada no futuro”, disse.

“As conquistas em tecnologias de transporte espacial tripulado nos permitiram dar um salto, de correr atrás dos líderes para ficar ao lado deles, e isso estabelece uma base tecnológica sólida para nossa futura espaçonave lunar tripulada”, acrescentou.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!