O Olhar Espacial desta sexta-feira (15) terá como convidada Andressa Ojeda, estudante que se prepara para ser a primeira astronauta brasileira. Nascida em Loanda, no Paraná, ela mora há três anos na Flórida, nos Estados Unidos, onde cursa o terceiro ano de engenharia aeroespacial na Embry-Riddle Aeronautical University.

Aos 17 anos Andressa foi aceita em um intercâmbio patrocinado pelo Rotary Club e cursou o terceiro ano do ensino médio nos Estados Unidos. Lá, participou de competições regionais e estaduais de robótica, teve aulas de astronomia e programação, fez uma simulação de treinamento de astronautas na Nasa e conseguiu um estágio com um astrofísico da Universidade de Harvard para trabalhar com foguetes de alta-propulsão e satélites/CubeSats.

publicidade

Aos 18 anos, no final de seu intercâmbio, Andressa havia sido aceita em 5 universidades norte-americanas para o curso de Engenharia Aeroespacial. Optou pela Embry-Riddle Aeronautical University (maior e mais antiga universidade especializada em aviação, aeroespacial e aeronática – onde 11 astronautas se graduaram).

Lá, aos 18 anos, fez pesquisas de iniciação científica em seu primeiro ano, participou de projetos para competições internacionais de robótica da Nasa, ganhou um voo de pesquisa em microgravidade pela ZERO-G (Zero Gravity Coorporation) ao lado de cientistas da Nasa e da Agência Espacial Japonesa (JAXA), foi a primeira mulher brasileira a participar de um projeto de pesquisa e treinamento para voos suborbitais, e faz parte de projetos de foguete-modelismo, propulsão e motores de foguetes, entre outros.

Andressa ganhou uma tour VIP na SpaceX, com aprovação direta de Elon Musk e também se tornou astronauta análoga pelo projeto brasileiro, Habitat Marte, em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB). Recentemente, Andressa conseguiu um estágio no CERN (na Suíça), o maior acelerador de partículas do mundo e foi convidada para um evento da ONU (Organização das Nações Unidas) em Dubai, Emirados Árabes Unidos, onde vai participar do Space for Women Expert Meeting, que é organizado pelo Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior (UNOOSA), e terá também a participação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Agência Espacial Brasileira (AEB), e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Leia mais:

Andressa Ojeda
Andressa Ojeda. Créditos: Arquivo pessoal

Apresentado por Rafael Rigues, editor de Ciência e Espaço do Olhar Digital, e por Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia — APA; membro da SAB — Sociedade Astronômica Brasileira; diretor técnico da Bramon — Rede Brasileira de Observação de Meteoros — e coordenador regional (Nordeste) do Asteroid Day Brasil, o Olhar Espacial é transmitido ao vivo, todas às sextas-feiras, às 21h, pelos canais oficiais do veículo no YouTubeFacebookInstagramTwitterLinkedIn e TikTok.

Confira as edições anteriores na playlist do Olhar Espacial no YouTube do Olhar Digital!

O Olhar Espacial conta com a participação dos espectadores, que podem mandar perguntas, sugestões e críticas pelas redes sociais do Olhar Digital.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!