Coronavírus

Comitê do FDA recomenda segunda dose da vacina da Janssen

15/10/21 21h19, atualizada em 15/10/21 21h21
Vacina da Janssen

Imagem: Shutterstock

O painel especializado em vacinas do Food and Drug Administration (FDA) decidiu, por unanimidade, recomendar a aplicação de uma segunda dose da vacina da Janssen. Antes desta recomendação, essa era a única vacina de apenas uma dose aplicada dos Estados Unidos.

A decisão foi apoiada pelo Comitê Consultivo de Vacinas e Produtos Biológicos Relacionados, também ligado ao FDA. A recomendação é que a segunda dose da Janssen seja aplicada em todos os maiores de 18 anos que tomaram a primeira dose, que até então era a única, há pelo menos 60 dias.

Atendimento rápido

FDA atendeu rapidamente ao pedido da Jonhson & Johnson. Crédito: FDA/Divulgação

O pedido de uma segunda dose da vacina da Janssen foi apresentado pela Johnson & Johnson na manhã desta sexta-feira (15) e a petição foi apreciada no mesmo dia. Como se trata de uma recomendação de um comitê consultivo, o FDA não é obrigado a adotar o procedimento.

Contudo, a agência estadunidense, que é equivalente à nossa Anvisa, costuma seguir as recomendações de seus comitês consultivos.

Dose única?

Durante a reunião, alguns membros do painel consultivo questionaram se o imunizante era mesmo uma vacina de dose única ou se deveriam considerar que se trata de outra vacina de duas doses. Segundo a empresa, uma única dose garante níveis baixos de anticorpos neutralizantes.

Leia mais:

Isso significa que uma segunda dose é necessária para que a vacina da Janssen alcance os mesmos níveis de eficácia das vacinas de mRNA, como a da Moderna e da Pfizer, que completam a cesta de vacinas ofertadas em território estadunidense.

O que estamos vendo é que este é um grupo com eficácia geral mais baixa do que vimos com a vacina de mRNA e, portanto, há certa urgência em fazer algo”, declarou o epidemiologista da Escola de Saúde Pública da Universidade de Michigan, Arnold Monto, que presidiu a reunião.

Próximos passos

Caso o FDA aprove a segunda dose da vacina da Janssen, o Centro de Controle e Proteção de Doenças (CDC), fará recomendações específicas sobre quais grupos devem receber o reforço. A reunião do CDC para essa discussão deve acontecer nas próximas semanas.

No Brasil, ainda não há uma recomendação expressa para uma dose de reforço da vacina da Janssen. Porém, caso o procedimento seja adotado nos Estados Unidos, é bastante provável que a Jonhson & Jonhson peça algo parecido para quem recebeu a vacina de dose única por aqui.

Via: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags