A Black Friday, a segunda melhor data para os varejistas conforme um levantamento recente do Google, já se firmou como um evento relevante no varejo nacional. Sendo assim, além dos descontos atrativos, é preciso estar preparado para atender às expectativas dos consumidores no dia 26 de novembro de 2021. 

Números da Black Friday no Brasil

Ano após ano, muitos aguardam ansiosamente pela data para aproveitar as promoções. Em 2020, mesmo com a pandemia, a Black Friday movimentou R$ 4 bilhões, o que representa um salto de 25% frente a 2019.

publicidade

Para 2021, a expectativa é que a tendência de crescimento continue.

Imagem ilustra o conceito de um consumidor comprando pela internet na Black Friday.
Black Friday movimentou bilhões no ano passado. Imagem: Natee Photo/Shutterstock

No entanto, apesar do cenário positivo, os compradores estão cada vez mais exigentes. Pensando nisso, separamos algumas dicas para ajudar o seu negócio a alcançar bons resultados nesta Black Friday.

Atendimento ao cliente

De início, vamos tratar de um item essencial: oferecer um bom atendimento. Esse é um fator-chave para garantir a satisfação do cliente.  

Uma boa experiência de compra, como será visto a seguir, também aumenta as chances do consumidor investir em seus produtos ou serviços novamente. Sendo assim, o ponto de partida para se sair bem nesta Black Friday é preparar a sua equipe de colaboradores, já que, assim como em outras datas especiais, em virtude do grande volume de interesse, sua empresa provavelmente terá que lidar com problemas e/ou reclamações.

O que vai destacar ou prejudicar a sua marca é justamente a maneira como a sua equipe vai tratar essas questões. Para isso, investa em treinamento.

Treinamento antes da Black Friday

Essa é talvez uma estratégia primária que uma empresa deve adotar, especialmente em preparo para datas como a BF. O objetivo deve ser: fazer com que o seu time de funcionários consiga entender e corrigir problemas de forma eficiente. 

Medidas como essa, despertam no consumidor final a ideia de que ele recebeu a atenção de sua marca ou loja favorita, por exemplo.

Considerando o que foi dito até aqui, também é essencial que seja estabelecido um discurso alinhado para atender os compradores e clientes em potencial, o que pode evitar ruídos no meio do caminho.

Leia mais:

Canais de atendimento

Atualmente, o intercâmbio de informações entre as empresas e os consumidores está mais próximo do que nunca com o avanço da tecnologia.

Como dito antes, ao longo Black Friday, a demanda pelo setor de atendimento de uma empresa aumenta de forma significativa. Sendo assim, é importante dar uma atenção especial e manter diferentes canais de atendimento, que pode incluir: perfis em redes sociais, e-mail, aplicativos de mensagem, dentre outros.

Lembre-se, se necessário, o cliente conta que suas “dores” sejam resolvidas o mais rápido possível. Um diferencial da sua loja, seja ela física ou virtual, é a possibilidade do consumidor final tirar dúvidas pelo canal que ele preferir, seja falando com um atendente físico ou interagindo com um chatbot, por exemplo.

No fim, quanto mais personalizado o atendimento, maiores são as oportunidades de impactar de forma positiva na experiência de compra dos clientes.

Pós-venda

A última dica é oferecer um bom atendimento também no pós-venda, o que vale principalmente após a Black Friday. 

Essa é uma oportunidade e tanto para fidelizar de vez novos clientes. Afinal de contas, além de focar no preparo do seu time de colaboradores e também nas vendas, é preciso estar de olho nos atendimentos que certamente vão surgir após a data.  

Por fim, saiba que manter uma proximidade com os clientes pode ser simples. Um exemplo? Deixe o consumidor ciente de quando os seus produtos serão entregues, ou se vão atrasar, por exemplo.

A Black Friday, além de uma data voltada para aumentar os ganhos e fazer o estoque girar, também apresenta oportunidades para consolidar a sua marca.

Portanto, investir na excelência do atendimento certamente renderá frutos e ótimas experiências aos clientes.

Créditos da imagem principal: Alexander Supertramp/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!