A Sinclair Broadcast Group foi tirada do ar após sofrer um ataque de ransomware. Em um comunicado, a segunda maior rede de TVs dos Estados Unidos informou que parte dos servidores e estações de trabalho foram criptografados, o que gerou a interrupção da programação.

A rede corporativa interna da empresa também foi derrubada, o que complicou ainda mais a situação.

publicidade

O ataque ransomware não atingiu uma parte do sistema de transmissão, e a empresa conseguiu substituir a programação local por um feed nacional. Assim, alguns canais permaneceram no ar.

O grupo controla 294 estações de televisão, e cobre 40% dos lares americanos com um conteúdo de tom conservador.
Um dos exemplos é o canal Fox, que é criticados pelos democratas americanos como leal ao ex-presidente Donald Trump.

A rede de TV afirma que está trabalhando para restaurar as operações normais e que e as autoridades policiais e governamentais já foram notificadas sobre o ocorrido.

Um ataque ransomware é basicamente o sequestro de dados sensíveis, que são devolvidos após o pagamento de um resgate, geralmente em moeda virtual.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!