A Porsche convocou nesta segunda-feira (18) o recall de 11.827 veículos do modelo Taycan nos EUA devido a uma falha nas luzes de segurança que pode aumentar o risco de um acidente. O recall será feito em parceria com a NHTSA (sigla em inglês para Administração Nacional de Segurança de Tráfego nas Estradas), órgão responsável pela segurança veicular no país.

Segundo a fabricante alemã, os modelos que podem apresentar o problema foram produzidos de 21 de outubro de 2019 a 17 de setembro de 2021. O recall está previsto para começar em alguns meses e os proprietários devem ouvir as explicações da Porsche até 13 de dezembro.

publicidade

Uma investigação realizada pela NHTSA atestou que as luzes de segurança, que funcionam em conjunto com o sistema de pré-colisão para alertar os que estão atrás do Taycan sobre uma situação perigosa, podem “exceder a ativação automática”. Em outras palavras, as luzes de segurança podem ser ativadas em situações não-emergenciais.

Com isso, o alerta pode confundir motoristas na estrada e aumentar riscos de acidente. Os proprietários do Taycan, entretanto, estarão cientes do problema, já que os sinais luminosos começarão a piscar no painel de instrumentos.

A Porsche informou o problema na semana passada às concessionárias, que ficarão de inspecionar todos os carros mediante agendamento. Como todos os veículos ainda estão cobertos pela garantia de fábrica, a fabricante alemã não vai reembolsar os clientes.

Leia mais:

Problemas de software levaram a recall anterior do Taycan

Este não é o primeiro recall do Taycan. Em julho, a Porsche convocou um recall mundial do modelo por conta de uma falha de software que causava uma perda repentina de energia, levando ao desligamento do veículo. Ao todo, 43 mil unidades do Taycan foram afetadas pelo defeito.

À época, a Porsche afirmou que nenhum acidente foi causado em razão do problema. Segundo a montadora, todos os modelos fabricados em junho deste ano estavam suscetíveis à falha.

Via Auto Evolution

Imagem: Nerijus Janus/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!