As assinaturas do Game Pass diminuíram no ano fiscal de 2021, de acordo com novos documentos divulgados pela Microsoft.

O serviço de assinatura do Xbox continua a crescer, com a nova estimativa colocando o número de assinantes em quase 20 milhões em 30 de junho, uma alta de 37,5% nos 12 meses encerrados. Porém, a meta da gigante da tecnologia era umas ascensão de, no mínimo, 47,8%. Logo, a empresa acredita que não cumpriu as expectativas no que se refere à famosa biblioteca digital de jogos, conhecida popularmente por ser a “Netflix dos games“.

publicidade

Para níveis de comparação, a Microsoft superou as metas de crescimento do Xbox Game Pass no mesmo período entre 2019 e 2020, aumentando as assinaturas em quase 86% em relação a uma meta de 71%.

game pass
Crescimento do Xbox Game Pass está abaixo do desejado pela Microsoft. Imagem: Reprodução/Xbox

O motivo para o não tão alto crescimento de assinaturas do Xbox Game Pass é composto por uma combinação de fatores. Uma das principais promessas do serviço de assinatura é que os títulos originais (first-party) estariam disponíveis no dia e data de lançamento. Porém, até agora, em 2021, os únicos jogos transferidos para a biblioteca foram, na grande maioria, remasterizações – como ‘Age of Empires’, ‘Microsoft Flight Simulator’ e ‘Psychonauts 2’.

Novos lançamentos originais aguardados pelos “caixistas”, como ‘Age of Empires 4’ e ‘Halo Infinite’, ainda estão a meses de distância e, ao menos por ora, estão sob a promessa de chegar ao Game Pass nos dias e horas de estreia.

Leia mais:

De qualquer forma, a Microsoft vê o Xbox Game Pass como o foco principal em geral para o futuro gamer. Aumentar o serviço é um objetivo essencial de desempenho para os executivos da Microsoft, o que significa que atingir as metas de crescimento desejadas resultará em bônus para os membros da equipe de liderança da Microsoft, segundo o site IGN.

E, como relata o Gamespot, o crescimento de assinaturas é tão importante para a empresa atualmente, que os executivos de alto escalão consideram o serviço como “a única métrica pura de audiência”.

A Microsoft anunciará o relatório completo de ganhos de 2021 até então no próximo dia 26 de outubro, data em que o público poderá possivelmente obter um novo número definitivo de assinantes do Game Pass, mas pouco provável. Os últimos resultados oficiais do serviço foram divulgados em janeiro deste ano – na época, eram de 18 milhões. A empresa, assim como muitas outras do ramo, raramente abrem dados brutos para o público com frequência.

Fontes: Gamespot e IGN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!