O novo formato de telas do MacBook Pro tem dado o que falar. Após o anúncio que o modelo terá o mesmo formato notch das câmeras de selfie do iPhone em sua webcam, a Apple disponibilizou um guia orientando os desenvolvedores sobre a criação de aplicativos para o dispositivo.

De acordo com a Apple, o documento chamado de Diretrizes de Interface Humana inclui orientações sobre o modo de tela inteira e a barra de menus do MacOS Monterey, destacando como o sistema se comporta quando um aplicativo é definido em tela cheia e como que os itens de aplicativos devem ser pensados para evitar o notch do MacBook Pro.

publicidade

Além disso, para apps antigos, a Apple sugere a criação de um modo de compatibilidade composto por uma faixa preta na altura do notch, moldando a imagem em um retângulo perfeito. Na prática, além de diminuir a tela do MacBook, isto pode atrapalhar a experiência de imersão de algumas ferramentas.

Leia mais:

Novas telas do MacBook Pro

A nova geração do MacBook Pro foi anunciada em dois modelos, um 16,2 polegadas e outro de 14,2″ polegadas, e pelo menos no Brasil, eles serão um produto de alto luxo com preços a partir de R$ 26.999, mas é o preço que se paga para ter uma tecnologia de ponta como a dos novos processadores e das novas telas.

Os modelos incluem telas Liquid Retina XDR dos novos e com um notch como os dos iPhones, que abriga a câmera FaceTime HD de 1080p. Essas telas têm uma taxa de atualização de 120Hz.  

Os preços da nova linha MacBook Pro no Brasil já foram divulgados pela Apple, e impressionam, mesmo se considerarmos a quantidade de melhorias de hardware dos novos processadores dos computadores em si.

O modelo de 14 polegadas mais barato sai por R$ 26.999, e o de 16 polegadas, se configurado com as melhores opções, pode chegar a incríveis R$ 77.999. A Apple manteve o MacBook Pro de 13 polegadas com processador M1, com preços a partir de R$17.299.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!