A Roku é uma plataforma que transforma televisores comuns em smart TVs. Assim como concorrentes como Amazon Fire TV Stick, Chromecast ou Apple TV, essa TV Box oferece diversos conteúdos aos usuários. Mas, agora, um dos aplicativos mais usados pode deixar o serviço. O Google pode remover o YouTube TV da plataforma.

A possibilidade foi compartilhada pela própria Roku, que ressaltou a preocupação sobre o relacionamento com a big tech. Essa estremecida nas relações entre as duas empresas tem o potencial de tirar o aplicativo do sistema. A apreensão foi publicada no blog da TV Box.

publicidade

Leia mais:

No post, a Roku acusou a gigante da tecnologia de usar seu forte poder no mercado para aumentar o controle sobre empresas independentes, como a própria fabricantes de players de mídia digital. Essa atitude do Google serve, na visão da companhia, para beneficiar os objetivos de seus negócios mais amplos às custas do consumidor.

Atualmente, a TV Box oferece o YouTube TV. Mas, há cerca de seis meses, as duas empresas discutem a renovação da parceria para dar continuidade ao serviço prestado. Por enquanto, o app permanece, enquanto a Roku tenta “resolver as preocupações”.

“Essa é uma preocupação compartilhada por muitas empresas que acreditam que os clientes merecem resultados neutros e relevantes para suas consultas de pesquisa”, disse a companhia, sobre a demanda do Google de colocar o YouTube nos resultados de buscas acima de outros provedores de conteúdo. Ainda, a empresa alega que há uma discriminação ao exigir recursos de busca, voz e dados, não exigidas de outras plataformas de streaming.

Foto mostra a Roku Express, a set top box da Roku
A Roku acusa o Google de discriminação. Imagem: Roku/Divulgação

O YouTube se pronunciou sobre as acusações, em entrevista ao site Broadband TV News. A companhia afirma que as negociações com a Roku deste ano buscam encontrar uma solução que beneficie os usuários de ambos os serviços. Mas, as acusações devem afetar novos usuários. Os antigos continuarão a usar os aplicativos.

“Roku mais uma vez optou por fazer afirmações improdutivas e infundadas, em vez de tentar trabalhar construtivamente conosco. Como não conseguimos continuar nossas conversas de boa fé, nossa parceria para todos os novos dispositivos Roku infelizmente terminará em 9 de dezembro”, disse o porta-voz.

Via: Broadband TV News

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!