Na última quarta-feira (20), o Monte Aso, vulcão localizado na ilha Kyushu, no Japão, começou a entrar em erupção por volta das 11h40, no horário local (23h40 do dia 19, pelo horário de Brasília). Enquanto a maioria das pessoas correria para bem longe em uma situação como essa, um homem aproveitou para registrar a erupção vulcânica, fazendo a grande selfie da sua vida.

Homem faz selfie em frente à erupção vulcânica do Monte Aso. Imagem: Sinmantky via Reddit / Futurism

De acordo com a emissora de televisão japonesa RR Kumamoto, ele caminhava perto do cume do Monte Nakadake, um dos cinco picos do Monte Aso, maior vulcão ativo do Japão e um dos maiores do mundo, quando percebeu a movimentação.

publicidade

“Quando estava olhando pela minha câmera, a fumaça branca ficou preta e, depois de cerca de três segundos, ouvi um som de ronco”, disse o homem ao canal. “Eu estava com medo. Nunca pensei que encontraria tal coisa”.

O resultado foi uma selfie épica do homem, cujo nome não foi revelado, parecendo um pouco surpreso quando o enorme vulcão explode atrás dele. Registro feito, ele então correu para se proteger atrás de uma grande rocha, depois de ver cinzas e detritos vulcânicos caírem do céu. Felizmente, ele conseguiu descer a montanha ileso.

Leia mais:

Erupção vulcânica do Monte Aso não teve feridos nem vítimas fatais

Embora a área seja conhecida por ser um destino turístico popular, a polícia diz que ninguém foi dado como morto ou desaparecido, e que 16 caminhantes que subiram a montanha naquele dia voltaram em segurança. 

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, a erupção vulcânica expeliu plumas de cinzas de 3,5 km de altura. O nível de alerta do vulcão ficou em 3, numa escala de até 5, com grandes rochas sendo ejetadas e fluxos piroclásticos atingindo um raio de cerca de 1 km ao redor da cratera Nakadake da montanha.

O fato de ninguém ter se ferido é um pequeno milagre – já que os vídeos do vulcão em erupção são, no mínimo, aterrorizantes. Mas nada comparado ao pior desastre vulcânico do Japão em quase 90 anos, que matou 63 pessoas no Monte Ontake, em setembro de 2014. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!