Na próxima quinta-feira (28), a partir das 15h EDT (16h, pelo horário de Brasília), a Nasa realizará uma coletiva de imprensa virtual para discutir os últimos resultados das observações feitas pela espaçonave Juno, em Júpiter.

Espaçonave Juno em órbita de Júpiter
Espaçonave Juno, que pesquisa Júpiter desde 2016. Nasa apresentará dados em entrevista coletiva nesta semana. Imagem: Nasa

Segundo a agência, a equipe responsável pelas pesquisas da sonda irá revelar novas descobertas que apresentam o primeiro olhar em 3D sobre como a turbulenta atmosfera do planeta opera sob as camadas superiores das nuvens. Além disso, explicará o quanto essas revelações podem ajudar a fornecer uma visão sobre a atmosfera de planetas gigantes em outras partes do universo.

publicidade

O evento acontecerá no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), no sul da Califórnia, que gerencia a missão Juno, e será transmitido ao vivo pela Nasa Television,  pelo aplicativo e site da agência, além do canal no YouTube  e  no perfil da Nasa no Twitter.

Participarão da coletiva cientistas do programa Juno dos EUA (Lucas Paganini, Scott Bolton, e Marzia Parisi), de Israel (Keren Duer), da Inglaterra (Leigh Fletcher) e da Itália (Alessandro Mura). O público também poderá fazer perguntas nas redes sociais durante a coletiva, usando a #JunoMission.

Leia mais:

Sonda Juno sobrevoará Europa e Io, luas de Júpiter

Lançada em 5 de agosto de 2011, a sonda Juno chegou a Júpiter cinco anos depois e, desde então, vem orbitando o gigante gasoso, estudando-o e coletando todo tipo de informação. Segundo a Nasa, a espaçonave está agora em uma missão estendida projetada para expandir as descobertas que já fez sobre a estrutura interna do planeta, seu campo magnético interno, a atmosfera e a magnetosfera. 

Também terá passagens próximas dos ciclones do polo norte de Júpiter, sobrevoos das luas Europa e Io, e a primeira exploração dos fracos anéis que circundam o planeta.

O JPL, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), é responsável por gerenciar a missão Juno, que faz parte do Programa de Novas Fronteiras da Nasa. Esse programa é administrado no Marshall Space Flight Center, pelo Diretório de Missões Científicas da agência, em Washington. A Lockheed Martin Space, em Denver, construiu e opera a espaçonave.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!