Novas análises do Apple M1 Pro e M1 Max revelam que os processadores do MacBook Pro não apenas superam a maioria dos laptops com Windows, como também têm desempenho próximo ao de desktops topo de linha da Intel e AMD.

De acordo com testes realizados por usuários, o desempenho dos novos processadores da Apple chega a atingir um nível que até então seria impensável para um chip móvel. Os núcleos do Apple M1 Max têm clock de até 3.228 MHz de pico, variando em frequência dependendo de quantos núcleos estão ativos em um cluster, o que pode reduzir o clock entre 3.132 e 3.036 MHz.  

publicidade

Considerando que o processador conta com dois clusters de 4 núcleos cada e que ambos possuem caches L2 de 12MB, sendo cada um capaz de sincronizar suas CPUs independentemente do outro, em tese, o Apple M1 Max pode ter quatro núcleos ativos a 3.036 MHz e um núcleo ativo a 3,23 GHZ.

Além disso, a largura de banda da memória dos novos MacBook Pro também é três vezes mais rápida que a geração anterior. De acordo com testes realizados em um M1 Pro, a memória LPDDR5 de 256 bits obteve uma taxa de 204 GB/s, mais que o dobro obtido pelo M1 topo de linha da geração anterior, que obtém uma média de 68 GB/S. O desempenho também é mais alto que a maioria dos laptops baseados em Windows, cuja interface ainda se baseia em 128 bits.

Leia mais:

GPU do M1 Max é quatro vezes superior ao M1

A maior diferença no desempenho dos novos modelos M1 está na GPU. O M1 Pro oferece o dobro de desempenho que a primeira geração de processadores da Apple, enquanto o M1 Max chega a ser quatro vezes superior aos números do M1.

De acordo com os testes, enquanto o M1 original tinha 8 núcleos de GPU, o M1 Pro tem 16 e o M1 Max tem 32, cuja interface de GPU pode funcionar em até 1.296 MHz. A Apple ainda dobra a capacidade das GPUs quando o assunto é interface de memória, utilizando um subsistema LPDDR5 de 512 bits, que deve dar ao M1 Max uma largura de banda de 408 GB/S.

Considerando que este desempenho é atingido por um processador baseado em arquitetura ARM, até então utilizada para finalidades mais básicas e para dispositivos mobile, o desempenho dos novos Apple M1 marca uma nova era para os hardwares, tornando a nova linha de MacBook Pro líder em desempenho para laptops e um dos principais dispositivos quando o assunto são computadores em geral.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!