Pensando em proteger as crianças que navegam na internet e consomem diversos serviços, o Google anunciou uma mudança de política para induzir os criadores do YouTube a produzir conteúdo de alta qualidade para o público infantil. Sendo assim, a partir do mês que vem, a empresa irá desmonetizar canais que visam principalmente o público jovem e comercializam como “feito para crianças” com conteúdo de baixa qualidade. 

Pela própria definição do YouTube, isso pode incluir vídeos excessivamente comerciais e aqueles que também incentivam comportamentos inadequados.

publicidade

Segundo as novas diretrizes, o YouTube avisa que os vídeos podem ter anúncios limitados ou nenhum anúncio. A marca diz que a violação de suas novas diretrizes de conteúdo pode levar à remoção do Programa de Parcerias do YouTube. 

A mudança faz parte de um esforço recente do Google para tornar o YouTube e o YouTube Kids um local mais apropriado para crianças e suas famílias. No início deste ano, a empresa anunciou a disponibilização da ferramenta de controle dos pais para os jovens.  

Aplicativo do YouTube Kids em celular Android
Imagem: Ekahardiwito / Shutterstock

Ainda mais recentemente, também implementou novas medidas de segurança para proteger as crianças em suas diversas plataformas. Por exemplo, uma das mudanças foi alterar a configuração de upload padrão para usuários entre 13 e 17 anos para a opção mais privada disponível. 

“Nosso objetivo final é promover um ambiente seguro e enriquecedor para as famílias e, ao mesmo tempo, recompensar os criadores de confiança que fazem conteúdo infantil e familiar de alta qualidade”, explicou o Google sobre a última mudança de política. 

Além disso, pode levar algum tempo até que as novas diretrizes consigam surtir efeito e elevar a qualidade do conteúdo presente no YouTube. Então, não custa ficar de olho e monitorar o que as crianças estão assistindo na plataforma.

Leia mais:

Fonte: Engadget

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!