A Boston Dynamics, empresa de robótica norte-americana que recentemente se tornou subsidiária da Hyundai, publicou em seu canal no YouTube mais um vídeo mostrando a destreza de suas criações. Desta vez a estrela é o cão-robô Spot, cantando e dançando com ninguém menos que os Rolling Stones.

O vídeo, chamado “Spot me Up”, é uma paródia de “Start Me Up“, canção dos Stones lançada em 1981. No clipe, um Spot reproduz precisamente os movimentos de Mick Jagger, enquanto outros três imitam Bill Wyman, Ronnie Wood e o baterista Charlie Watts.

Além do gingado, os robôs também “cantam”, mas aqui vale um detalhe: o que parece ser uma boca é na verdade um manipulador, um braço usado para manusear objetos e abrir portas.

É preciso deixar claro que os Spot no vídeo não estão agindo de forma autônoma, nem decidiram cantar por serem fãs da banda. A performance, assim como outras apresentações dos cães robóticos da Boston Dynamics, foi curiosamente coreografada, usando um modo de operação no qual os eles basicamente agem como fantoches.

publicidade

O clipe é parte da celebração dos 40 anos de lançamento do álbum Tattoo You, que está sendo relançado neste ano em versão remasterizada.

Não é a primeira vez que a Boston Dynamics usa música para promover suas máquinas. Recentemente sete Spot apareceram em vídeo cantando e dançando IONIQ: I’m on it, da banda de K-Pop BTS. Já no final de 2020 a empresa divulgou um vídeo onde dois Atlas, seus robôs humanóides, se juntam a um Spot e um Handle, criado para mover cargas, para dançar o Twist.

Leia mais:

E se você teme a revolução das máquinas, talvez sirva de consolo saber que a Boston Dynamics promete nunca colocar armas em seus robôs, nem permitir que seus clientes façam isso. Embora ela nem sempre tenha sucesso na “fiscalização”. Entretanto, isso não exclui seu uso em operações policiais e militares, onde podem ser usados como “olheiros” para investigar um local ou para desarmar armadilhas sem que humanos tenham que se arriscar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.