A Microsoft acaba de ultrapassar a Apple em valor de mercado nesta sexta-feira (29), se tornando a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo. A mudança ocorre após a Big Tech ter divulgado ganhos aquém das expectativas dos analistas nesta quinta-feira (28).

A queda de posição, segundo a empresa, se deve a receita abaixo das expectativas para o quarto trimestre fiscal, algo justificado pela diversas restrições nas cadeias de suprimentos ao longo da pandemia.

publicidade
Fachada de uma loja da Apple, uma das empresas mais valiosas do mundo
Apple perde liderança no ranking de empresas mais valiosas do mundo. Imagem: Art Silpakorn/Shutterstock

O CEO Tim Cook disse ao portal Cnbc que a perda de receita no período é estimada em US$ 6 bilhões. A má notícia é que a Maçã espera resultados ainda piores para o próximo trimestre.

Leia mais:

A Microsoft, diferente da rival, acabou superando as expectativas de receita para o último trimestre fiscal, obtendo um ganho anual de cerca de 22%, o crescimento mais rápido da companhia desde 2018.

A última vez em que a gigante dos softwares ultrapassou a Apple em capitalização de mercado foi em 2020. Em junho do ano passado, a companhia fechou o mês acima dos US$ 2 trilhões após revelar o Windows 11, a primeira grande atualização do sistema operacional em mais de cinco anos.

Ainda assim, a briga entre as gigantes ainda está acirrada: agora, a Microsoft é avaliada em cerca de US$ 2,46 trilhões, enquanto a empresa de Cupertino está na casa dos US$ 2,43 trilhões.

Desde o início de 2021, as ações da Microsoft acumulam alta de cerca de 47%, enquanto os papéis da Apple subiram cerca de 15%.

Por fim, vale lembrar que a Apple foi a primeira empresa a atingir um valor de mercado acima de US$ 1 trilhão, se tornando a empresa mais valiosa do mundo após ultrapassar a gigante do petróleo Saudi Aramco no ano passado.

Via: Cnbc

Créditos da imagem principal: StockStudio Aerials/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!