A Meta – a empresa anteriormente conhecida como Facebook – pode estar desenvolvendo um smartwatch que possuí a capacidade de tirar fotos e gravar vídeos. A Bloomberg revelou uma imagem que mostra um relógio com cantos arredondados semelhantes ao Apple Watch, porém com um detalhe: câmera frontal. 

Na imagem é bem claro há presença de um entalhe, tipo de coisa de que as pessoas acabam tirando sarro e que parece ser uma câmera frontal. Outro ponto é que pode ser uma versão que os consumidores jamais terão acesso no mercado, já que há uma evolução do produto ao longo dos meses, contando com recursos de saúde, condicionamento físico e mensagens.

publicidade

O desenvolvedor de aplicativos, Steve Moser, encontrou a imagem dentro do app da empresa usado para controlar os óculos de sol Ray-Ban Stories por inteligência artificial, criando margem de suspeitas de que o produto também poderia ser utilizado para controlar o relógio no futuro.

Com os cantos arredondados e uma câmera, o possível novo smartwatch parece ter ser de aço inoxidável e alças destacáveis. Moser pontuou que o código dentro do aplicativo indica que o relógio pode se chamar ‘Milan’ e que também pode permitir que as fotos e vídeos capturados nele sejam baixados para outro dispositivo.

Meta do Facebook

De acordo com o site Bloomberg, a marca espera lançar um smartwatch já em 2022, só que até agora nada foi finalizado. Além disso, a Meta está trabalhando em três gerações de produtos que serão lançados em momentos diferentes. 

Por outro lado, ainda não está claro se o dispositivo na imagem é um desses produtos ou se será lançado. Segundo relato do The Verge, a grande empresa de Mark Zuckerberg está focada em um smartwatch com uma câmera frontal de qualidade de 1080p com foco automático, além de um monitor de frequência cardíaca.

Leia mais:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!