Nesta quinta-feira (4) começa o leilão das quatro frequências destinadas à tecnologia 5G (700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz). Além do marco tecnológico para o país, o objetivo, segundo o Ministério das Comunicações, é promover a conectividade mais veloz e de qualidade para uma parcela maior da sociedade.

De acordo com o secretário de telecomunicações do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra, uma das metas do governo para o ano que vem é levar internet para 100% das escolas públicas do país.

publicidade

Leilão do 5G começa nesta quinta-feira (4); veja o que esperar

Ilustração representando a tecnologia 5G
Chegada do 5G vai movimentar bilhões no setor de telecomunicações. Imagem: jamesteohart/Shutterstock

Para isso, segundo o edital aprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em agosto, o leilão do 5G também será responsável pela ampliação do acesso ao 4G para localidades que ainda não contam com essa tecnologia.

Para entender as diferenças entre as gerações das tecnologias de rede móvel acesse este especial aqui.

“A chegada do 5G vai levar o país para outro patamar de inclusão digital”, declarou  o secretário. “Vamos cobrir todas as rodovias federais com pelo menos conectividade 4G, além de banda larga móvel para quase 10 mil localidades rurais, com a expansão do serviço para escolas e centros de saúde”, acrescentou.

Leia mais:

Sobre o mercado e os preços praticados com a chegada da tecnologia, Coimbra sugere que a adoção do 5G não será elitizada. “Na prática, haverá uma melhora na dinâmica do custo-benefício”, avaliou.

Segundo o secretário, o 5G também eliminará um dos grandes obstáculos da inclusão digital: a infraestrutura, já que grande parte do leilão do 5G será investida para ações de avanço no setor de telecomunicações.

Vale lembrar que o leilão do 5G demanda a cobertura das 26 capitais e do Distrito Federal com a tecnologia até julho de 2022. O serviço deverá cobrir todos os municípios com mais de 50 mil habitantes até 2028, enquanto o 4G, por sua vez, deverá cobrir todo o território nacional até lá.

O leilão está marcado para começar às 10h na sede da Anatel em Brasília. A abertura do leilão será feita pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, pelo presidente da Anatel, Leonardo de Morais, e por conselheiros da agência.

Fonte: Agência Brasil

Créditos da imagem prinicipal: Marko Aliaksandr/Shuttersotck

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!