O filme independente ‘Rust’ tinha um orçamento previsto de menos de US$ 8 milhões. O longa começou a ser filmado no mês de outubro e ganhou os noticiários após o ator Alec Baldwin atirar durante uma cena, com uma arma que deveria ser cenográfica, e atingir acidentalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins, que veio a óbito. Agora, os valores destinados a cada integrante da equipe foram revelados.

De acordo com o site norte-americano The Hollywood Reporter, que conseguiu uma cópia do orçamento, os produtores de ‘Rust’ separaram US$ 650 mil para pagar a si mesmos. A armeira Hannah Gutierrez-Reed receberia especificamente US$ 7.913. Outros US$ 350 mil foram reservados como plano de contingência, caso algo desse errado.

publicidade

Leia mais:

‘Rust’ tinha um total de seis produtores, sendo um deles o próprio Alec Baldwin, que receberia mais US$ 150 mil como protagonista do filme. A El Dorado, companhia produtora do ator, receberia outros US$ 100 mil. Ainda segundo o site, Allen Cheney, Ryan Donnell Smith, Nathan Klingher e Ryan Winterstern iriam cobrar ainda uma taxa de US$ 150 mil.

O empresário de Alec Baldwin, Matt DelPiano, seria pela primeira vez um integrante da produção, e receberia outros US$ 150 mil. Anjul Nijam ganharia US$ 100 mil.

Mas, além do valor de quase US$ 8 mil para Gutierrez-Reed, a produção havia reservado outros US$ 7.469 para uma “equipe de armeiros“. O aluguel de armas foi orçado em US$ 17,5 mil e US$ 5 mil pelas balas, cenográficas ou não. Os preços, segundo especialistas, não são incomuns para filmes com custos abaixo de US$ 7,5 milhões.

Outro detalhe que chamou atenção no orçamento foi a reserva de US$ 25 mil para os quarto de hotel de cinco dos seis produtores. Isso porque a equipe de câmeras deixou o set na manhã do acidente que matou Halyna Hutchins por problemas com as próprias acomodações. Para 21 pessoas de cargos inferiores, foram destinados US$ 95,2 mil.

alyna Hutchins morreu após tiro acidental disparado por Alec Baldwin. Imagem: Instagram/Reprodução

Números que também constavam mostram que Gabrielle Pickle, responsável por contratar a equipe, alocar o orçamento e supervisionar a produção ia ganhar US$ 96.198. Joel Souza, diretor que também foi ferido durante a cena que Alec Baldwin gravava, receberia US$ 221.872 pelo trabalho. Halyna Hutchins ficaria com US$ 48.945. Já Dave Halls, diretor assistente que entregou a arma ao ator, ganharia US$ 52.830.

Os produtores separaram apenas US$ 235.144 para os custos de pós-produção. Isso sugere que eles esperavam levnatar mais dinheiro para terminar o filme. Foram omissos, porém, com o título de conclusão, uma apólice de seguro para cobrir os custos caso o filme não fosse finalizado. Isso geralmente compromete 2% do orçamento.

‘Rust’ começou a ser filmado no início de outubro, no estado norte-americano do Novo México. De acordo com o New Mexico Film Office, o projeto empregaria 75 pessoas na equipe, 22 atores e 230 talentos do estado. No dia 21 de outubro, acontecia uma gravação no rancho Bonanza Creek, perto de Santa Fé. David Halls entregou o revólver Colt .45 a Alec Baldwin e avisou que estava “frio”, quando não há balas reais. Porém, ao ensaiar a cena de tiroteio, a arma disparou um projétil que atingiu Hutchins no peito e Souza no ombro.

Via: The Hollywood Reporter / ScreenRant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.