A Netflix entrou de vez no mercado dos games – no início deste mês – lançando um serviço de jogos para dispositivos móveis para usuários do Android. Enquanto isso, a plataforma informou que está trabalhando em uma versão iOS do mesmo serviço.

O repórter de tecnologia da Bloomberg, Mark Gurman comentou que as políticas da App Store da Apple podem impedir que a Netflix consiga disponibilizar jogos de seu aplicativo.

publicidade

No momento, a Apple impede que aplicativos de terceiros funcionem como uma hospedagem para jogos, o que se tornou um problema com serviços de jogos em nuvem, Xbox Cloud Gaming, Nvidia GeForce Now e Google Stadia, por exemplo.

Então, os serviços de jogos em nuvem só podem contornar a situação oferecendo seus jogos por meio de um aplicativo da web, da mesma forma como o Facebook já fez .

Segundo o mais recente boletim informativo Power On de Gurman, a Netflix contornará as regras da Apple para disponibilizar seus jogos na App Store. Ou seja, os jogos não poderão ser baixados ou jogados do aplicativo Netflix, mas as pessoas podem começar pela plataforma.

O serviço atualmente funciona dessa maneira no Android, em que os jogos são empacotados ordenadamente em uma guia dedicada no aplicativo Netflix e são baixados individualmente da Google Play Store.

Leia também

Embora essa configuração seja boa, não é bem o ideal para um serviço de jogos que vende um serviço tudo em um. Os usuários devem ser capazes de baixar e jogar os games dentro do próprio serviço e por isso que Gurman prevê que a Netflix acabará por trazer seus jogos para a nuvem

Isso funcionaria bem para o Android, porém, as políticas da Apple tornam praticamente impossível que os jogos em nuvem prosperem, forçando assim os serviços a se contentar com aplicativos da web. Caso a Netflix decidir adotar os jogos em nuvem, não está claro o que acontecerá com o serviço no iOS.

Com isso, “a Apple precisará mudar suas regras ou conceder uma isenção à Netflix”, comentou Gurman. De acordo com ele, “isso deixa o sucesso final do serviço da Netflix nas mãos da Apple, uma parceira de longa data, mas também uma rival em crescimento.”

Fonte: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!