O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sinalizou durante uma live no Facebook na terça-feira (9) que provavelmente irá manter o uso obrigatório de máscaras em locais fechados na cidade.

“Não sei ainda se eu vou acompanhar o comitê científico, apesar do comitê estar mandando. Provavelmente, a gente deve permanecer com a obrigatoriedade”, explicou.

publicidade

Segundo informações da Agência Brasil, o comentário vem após dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atualizados hoje (10) indicarem que a capital atingiu 71,1% de cobertura vacinal da população com o esquema de imunização completo.

A expectativa da Prefeitura do Rio de Janeiro é atingir 75% da população vacinada no próximo sábado. Esse é o percentual que o Comitê Científico de Enfrentamento à Covid (CEEC), composto por especialistas que assessoram a SMS nas orientações sobre a doença no estado, sugere para a suspensão da obrigatoriedade do uso de máscaras.

Máscara KN95, considerada inadequada pela Anvisa
Covid-19: Rio deve manter uso obrigatório de máscaras em locais fechados, sinaliza Prefeitura. Imagem: Divulgação Distribuidora Med

“Estamos caminhando para isso. Acredito que até sábado a gente deve atingir a meta para a terceira fase proposta pelo comitê científico, que é a fase em que se alcança 75% da população total vacinada e imunizada com as duas doses. Aí tem uma série de gatilhos previstos pelo comitê científico, dentre outros, o fim da obrigação da utilização de máscaras em espaços fechados”, comentou.

Paes ainda afirmou que, o Rio está na frente quanto se trata da vacinação de jovens de 12 a 18 anos, inclusive de países que estavam adiantados na campanha, como EUA.

“Todo mundo que a gente se propôs a vacinar, já temos a vacinação completa em 90% das pessoas. Qualquer país da Europa, Estados Unidos nem se fala, países que vacinaram muito, o Rio está bem na frente. Essa é uma excepcional notícia.”

Conforme os números da SMS, 83% da população maior de 12 anos está com a vacinação completa e nas pessoas maiores de 18 anos o percentual atingiu 90,7%.

Leia mais!

Passaporte da vacina

O prefeito acrescentou que o avanço na vacinação também é fruto da implementação do passaporte da vacina, que colaborou para que “370 mil pessoas que não tinham tomado a primeira dose se vacinassem. Quer dizer, o passaporte está fazendo o seu papel. Esse era o nosso objetivo”, disse na live.

Paes finalizou positivo e disse que acredita que a cidade está caminhando para uma situação de conforto, no entanto, no caso de mudanças nos números, não descartou a retomada de medidas mais restritivas.

“Estamos entrando [no Rio] no verão, período em geral quando as pessoas ficam menos gripadas. A gente vive um bom momento. Vamos aguardar os 75%. Até sexta-feira, sábado, semana que vem, a gente toma a decisão de fazer aquilo que o comitê científico definiu. O comitê científico para mim é o limite daquilo que a gente pode liberar. Se eu resolver ser mais restritivo, serei mais restritivo, mas a gente está em uma situação muito confortável nesse momento”, concluiu.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.