Por conta da pandemia causada pela Covid-19, a maioria das pessoas começaram a trabalhar de casa e a fazer reuniões online. Sendo assim, começaram a notar imperfeições” no entorno dos olhos, como rugas e olheiras, ao se depararem com a autoimagem nas chamadas do computador. Assim, muitas pessoas decidiram realizar procedimentos estéticos nesta área, conhecido como “efeito Zoom“.

Segundo André Borba, médico cirurgião oculoplástic – oftalmologista capacitado para tratamento reconstrutivo e estético das pálpebras, vias lacrimais e órbitas – e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular (SBCP), a busca por intervenções no entorno dos olhos aumentou 40% e houve também um aumento de 20% nas complicações destes procedimentos.

publicidade

Ele comentou que apenas em seu consultório em São Paulo houve um aumento mensal de 10% no número de pacientes apresentando complicações nos procedimentos estéticos realizados na região dos olhos, como: hipo ou hipercorreção da pálpebra (que é a retirada de menos ou de mais da pele da pálpebra); lagoftalmo (a dificuldade de fechar os olhos para dormir); olho seco; cicatrizes aparentes; ptose de supercílios; visão dupla e até cegueira.

Mulher jovem bonita com pele limpa e fresca. Cuidados com o rosto de beleza menina. Tratamento facial.

“As complicações devem ser tratadas, na maioria dos casos, de maneira cirúrgica, abordando de maneira personalizada a necessidade de cada paciente. Normalmente, os pacientes estão muito abalados psicologicamente e querem uma solução rápida, só que isso infelizmente não é possível na área dos olhos. Em geral, uma nova cirurgia só pode ser feita seis meses após a primeira, por conta de todo o processo de cicatrização”, disse o médico.

Além disso, o especialista esclareceu que quanto menos invasivo for o primeiro procedimento, melhor, pois o risco de complicações é menor.

“As complicações causadas pela aplicação errada de toxina botulínica são temporárias, e começam a se desfazer de três a seis meses após o procedimento. No entanto, os pacientes normalmente buscam este tipo de tratamento perto de um evento importante do qual pretendem participar, e se não fizerem com um profissional capacitado, podem ter resultados insatisfatórios”, concluiu.

Leia também!

Fonte: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!