A Qualcomm lançou a plataforma de realidade aumentada para desenvolvedores Snapdragon Spaces, com a qual empresas poderão criar conteúdo e apps em 3D que podem ser acessados por óculos AR. O ThinkReality A3 da Lenovo, apresentado na CES 2021 esse ano, será o primeiro óculos AR compatível com o Snapdragon Spaces.

Snapdragon Spaces XR, nova plataforma de realidade aumentada da Qualcomm
Snapdragon Spaces XR / Divulgação: Qualcomm

A plataforma Snapdragon Spaces XR é focada em realidade extendida, ou extended reality (XR), e busca ser uma opção de metaverso mais aberta do que a proposta pelo Facebook/Meta, já que é compatível com Unity AR Foundation e Unity MARS, além do padrão Khronos OpenXR.

publicidade

Aqui, a ideia não é criar avatares ou robôs, como o Omniverse da Nvidia, e sim, criar aplicativos e experiências do zero, ou então adaptar apps já existentes para Android. Clique abaixo para ver o vídeo de apresentação da plataforma Snapdragon Spaces XR.

Recursos para realidade aumentada

A tecnologia da Qualcomm conta com vários recursos de AR feitos para desenvolvedores. Um deles é o rastreamento posicional, que renderiza os objetos de acordo com a posição do usuário e da sua cabeça. Com o recurso de âncoras locais e persistência, é possível mapear janelas de um computador virtual em cima de uma mesa, por exemplo, e essa posição será mantida ao longo do tempo.

Outro recurso bem útil é o reconhecimento e rastreamento de imagens, como a imagem de um relógio em uma revista que abre um conteúdo em realidade aumentada. Da mesma forma funciona o reconhecimento e rastreamento de objetos, que ao lado do reconhecimento de obstáculos, pode ser usado para uma corrida de kart virtual pela sala.

A tecnologia da Qualcomm também reconhece superfícies planas na vertical e horizontal, como mesas e paredes, que podem ser usadas para ancorar o conteúdo AR. Ela também reconhece e mapeia o ambiente ao seu redor em 3D, facilitando a vida do desenvolvedor que for criar essas soluções. Também é possível rastrear os movimentos da mão dos usuários, e assim, realizar tarefas no melhor estilo Tony Stark.

Snapdragon Spaces chega com parcerias com empresas e operadoras

Essa tecnologia de realidade aumentada vem sendo pesquisada e desenvolvida pela Qualcomm há uma década, com parceiras como Epic, Niantic e Unity, entre outras. Muitos anos atrás, a empresa foi parceira de primeira hora do Project Tango, projeto de realidade aumentada para smartphones Android do Google. Em 2019, a empresa mostrou na CES um óculos de realidade mista.

No release, a Qualcomm diz que Motorola, Oppo, Xiaomi e a já citada Lenovo irão suportar os Snapdragon Spaces em 2022. Além disso, a empresa também anunciou parcerias com operadoras como Ntt Docomo, Deutsche Telekom e T-Mobile, e promete anunciar outras em breve.

Snapdragon Spaces XR, nova plataforma de realidade aumentada da Qualcomm
Nova plataforma de realidade aumentada da Qualcomm / Divulgação: Qualcomm

Leia mais:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!