Depois de longos 13 anos, a cantora Britney Spears está finalmente livre da tutela de seu pai, Jamie Spears. A juíza Brenda Penny, do Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, nos Estados Unidos, encerrou o acordo de tutela em audiência realizada nesta sexta-feira (12).

A decisão da juíza Penny encerra uma longa batalha judicial entre Britney Spears e seu pai, que já havia tido a tutela da cantora suspensa em setembro. Jamie ocupava esse papel desde 2008, o que dava a ele a supervisão dos bens da cantora, além da gestão de sua vida pessoal e profissional.

publicidade

Porém, há algum tempo, a artista vinha se posicionando publicamente contra a forma que era tratada pelo pai. A história mobilizou os fãs da artista, que criaram o movimento “Free Britney”, pedindo a “libertação” da cantora.

Leia mais:

O movimento, inclusive, foi o tema do documentário “Framing Britney Spears”, produzido pelo The New York Times e lançado em fevereiro deste ano. No Brasil, o filme documental está disponível no Globoplay como “Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela”.

Comemorações

Após a decisão, Britney Spears usou sua conta no Twitter para comemorar sua tão esperada “liberdade”; “Meu Deus, eu amo tanto meus fãs que é uma loucura”, escreveu a cantora. “Melhor dia de todos. Louvado seja o Senhor. Posso ouvir um amém?”, completou Britney.

O noivo da cantora, Sam Asghari, também fez uma publicação em seu Twitter para comemorar a decisão. Após fazer uma publicação com a palavra “liberdade”, o atleta iraniano declarou que a história foi feita hoje e que Britney está livre.

Na última quinta-feira (11), Asghari já havia postado em suas redes sociais um agradecimento aos fãs que são parte do movimento Free Britney. Para ele, a mobilização é importante para os direitos humanos.

Via: CNN Brasil

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!