Três satélites militares CERES foram lançados na manhã de hoje (16) pela Arianespace, a bordo de um foguete Vega. O pedido do exército francês aprimora as capacidades de monitoramento militar da nação europeia ao detectar transmissores inimigos posicionados na superfície da Terra.

O lançamento foi feito às 6h27, com o Vega saindo do Centro Espacial da Guiana, localizado em Kourou, na Guiana Francesa. Os satélites CERES (sigla para “Capacité de Renseignement d’origine Electromagnétique Spatiale”, ou “Capacidade de Inteligência para Origens Eletromagnéticas Espaciais”), vão orbitar a Terra em ritmo sincronizado com o movimento do Sol – ou seja, eles passarão sobre um determinado local do globo na mesma hora todo dia.

publicidade

Leia também

“Esta missão mostra a excepcional versatilidade do nosso foguete Vega”, disse o CEO da Arianespace, Stéphane Israël, em comunicado conjunto com o exército francês. “Nosso lançador leve já posicionou em órbita dois satélites da constelação Pleiades Neo para a Airbus este ano, além de nove entregas auxiliares, e hoje continuamos esse ritmo de sucesso com os três satélites CERES”.

“O objetivo dos CERES é o de buscar sinais de inteligência que sensores na superfície não podem encontrar, livres de amarras de voo aeroespacial e em todos os climas, oferecendo um panorama aprofundado em tempo real para a criação e execução de eventuais operações militares”, disse a agência espacial francesa CNES em uma descrição. “Os sinais identificados serão combinados entre si para localizar com precisão todos esses sistemas de comunicação”.

Trocando em miúdos: sistemas de comunicação militar na superfície da Terra poderão ser detectados pelos três satélites, e a informação deles será repassada aos seus controladores franceses para que estes decidam o melhor curso de ação.

Com este lançamento, a Arianespace completa 12 missões em 2021, o que traz um bom grau de confiança para a próxima – e provavelmente a última e mais importante – atividade da empresa este ano: em 18 de dezembro, a companhia lançará, também da base na Guiana Francesa, o telescópio espacial James Webb.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!