Em seu último evento para investidores de 2021, a Qualcomm anunciou planos de lançar um chip para PC que possa competir com os poderosos processadores da série M da Apple. Segundo James Thompson, chefe de tecnologia da Qualcomm, a próxima geração de SoCs baseados em ARM serão “projetados para definir o benchmark de performance para PC Windows”.

Ainda segundo Thompson, a meta da companhia é dar amostras para seus clientes de hardware cerca de nove meses antes do lançamentos de produtos com o novo chip em 2023. O novo chipset será desenvolvido pela Nuvia, fabricante que a Qualcomm comprou por US$1,4 bilhões no começo do ano. A Nuvia foi fundada por três ex-funcionários da Apple que trabalharam nos chips da série A da companhia.

publicidade

Além de oferecer um chip de mesmo nível do M1 da Apple, a Qualcomm fez outras grandes promessas no evento para investidores. A companhia quer liderar o mercado na área de “performance e duração de bateria”, além de aprimorar sua GPU Adreno para lançar PCs gamers top de linha no futuro.

Leia mais:


Como o The Verge apontou, a Qualcomm já tentou decolar no campo de chips para PC no passado. A companhia lançou a linha de processadores Snapdragon 8cx em 2018, além de trabalhar com a Microsoft nos chips SQ1 e SQ2 do Surface X. Se o novo chip da Qualcomm vai mesmo se mostrar um competidor à altura do M1 da Apple, só saberemos em 2023.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!