O bilionário japonês Yusaku Maezawa chegou nesta sexta-feira (19) em Baikonur, na Rússia, para fazer os preparativos finais para sua viagem ao espaço. Maezawa e seu assistente pessoal, Yozo Hirano, decolarão a bordo da espaçonave Soyuz MS-20 em 8 de dezembro, para uma estadia de 12 dias na Estação Espacial Internacional. Toda a jornada será documentada em seu canal no YouTube.

Junto com os turistas estará o cosmonauta russo Alexander Misurkin, que já viajou à ISS duas vezes (em 2013 e 2017) e passou, no total, 334 dias, 11 horas e 29 minutos no espaço. Deste total, 28 horas e 14 minutos foram gastos em caminhadas espaciais.

publicidade
O empresário bilionário japonês Yusaku Maezawa, que visitará a ISS em dezembro. Imagem: Captura de tela / YouTube
O empresário bilionário japonês Yusaku Maezawa, que visitará a ISS em dezembro. Imagem: Captura de tela / YouTube

Esta será a primeira vez em mais de uma década que os russos levarão turistas estrangeiros à ISS. O último foi o canadense Guy Laliberte, cofundador do Cirque du Soleil, em 2009.

Entretanto, a missão mais recente de uma Soyuz, a MS-19, levou à ISS a atriz russa Yulia Peresild e o cineasta Klim Shipenko. Eles decolaram em 5 de outubro também para uma estadia de 12 dias, durante os quais gravaram cenas de um filme chamado O Desafio, o primeiro a ser rodado em órbita da Terra.

Além da visita à ISS, Maezawa tem mais uma grande ambição: ser o primeiro turista espacial a completar um voo ao redor da Lua. Para isso, tem um contrato com a Space Adventures, que usará uma cápsula Crew Dragon da SpaceX.

Leia mais:

16 turistas foram ao espaço em 2021

2021 foi um ano movimentado para o turismo espacial. Em 11 de julho tivemos Richard Branson, fundador da Virgin Galactic, acompanhado por outros três funcionários da empresa: Beth Moses, instrutora chefe de astronautas, Colin Bennett, engenheiro líder de operações e Sirisha Bandla, vice-presidente de relações governamentais e operações de pesquisa.

9 dias depois, em 20 de julho, foi a vez do bilionário Jeff Bezos, fundador da Amazon, ir ao espaço a bordo de um foguete New Shepard desenvolvido por uma de suas empresas, a Blue Origin, na missão NS-16. Ele foi acompanhado por seu irmão Mark Bezos, por Wally Funk, uma pioneira da astronáutica nos EUA e por Oliver Daemen, filho de Joes Daemen, CEO da Somerset Capital Partners. Na época do voo, a dupla estabeleceu o recorde de pessoa mais velha (Funk, aos 82 anos) e a mais jovem (Daemen, com 18) a viajarem ao espaço.

Os tripulantes da Inspiration 4. Da esquerda para a direita: Jared Isaacman, Dra. Sian Proctor, Hayley Arceneaux e Chris Sembroski.
Os tripulantes da Inspiration 4. Da esquerda para a direita: Jared Isaacman, Dra. Sian Proctor, Hayley Arceneaux e Chris Sembroski.
Imagem: John Kraus / Netflix.

Em 15 de setembro foi a vez da Inspiration4, primeira missão orbital totalmente civil na história da humanidade. Quatro pessoas decolaram a bordo de uma cápsula Crew Dragon, impulsionada por um foguete Falcon 9 (ambos da SpaceX) para uma jornada de dois dias a 585 km de altitude, mais alto do que a ISS.

A bordo estavam o bilionário norte-americano Jared Isaacman, que financiou a viagem, a enfermeira Hayley Arceneaux, o engenheiro aeroespacial Chris Sembroski e a geóloga Dra. Sian Proctor. A missão teve como objetivo arrecadar US$ 200 milhões para o St. Jude Children’s Research Hospital, em Memphis, no Tennessee, EUA, e foi registrada no documentário “Inspiration 4: Viagem Estelar” no Netflix.

A tripulação da New Shepard NS-18 logo após o pouso. Da esquerda para a direita: Audrey Powers, William Shatner, Chris Boshuizen e Glen de Vries. Imagem: Blue Origin.
A tripulação da New Shepard NS-18 logo após o pouso. Da esquerda para a direita: Audrey Powers, William Shatner, Chris Boshuizen e Glen de Vries. Imagem: Blue Origin.

Em 13 de outubro foi a vez do ator canadense William Shatner, o eterno “Capitão Kirk” de “Jornada nas Estrelas”, ir ao espaço a bordo de outra missão da Blue Origin, a NS-18. Com 90 anos, ele “roubou” de Funk o recorde de pessoa mais velha no espaço.

Seus companheiros de viagem foram Audrey Powers, executiva da Blue Origin, e os empresários Chris Boshuizen e Glen de Vries. Tragicamente, de Vries faleceu em um acidente aéreo nos EUA cerca de um mês depois, em 12 de novembro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!