A Secretária de Saúde de Recife, em Pernambuco, está investigando um surto de “lesões cutâneas” que causam coceira na pele. As autoridades identificaram 79 casos em pessoas com idades entre 2 e 96 anos.

A notificação dos primeiros casos ocorreu no dia 1º de outubro com cinco crianças do Córrego da Fortuna e do Sítio dos Macacos, na Zona Norte da cidade.

publicidade

As autoridades de vigilância sanitária do município emitiram um alerta epidemiológico para que as unidades de saúde e redes pública e privada notifiquem, imediatamente, novos casos das lesões que seguem sem explicação.

Leia também!

A paciente Márcia Emanuelle da Silva, de 27 anos, relatou que mora em uma casa com sete pessoas no bairro da Guabiraba, na Zona Norte da capital pernambucana, e todas elas tiveram os mesmos sintomas. “Aqui na minha casa estava todo mundo com coceira e caroço vermelho na pele”, relatou.

Márcia afirmou que toda a comunidade estava com os sintomas e que os agentes do posto de saúde realizaram exames, mas ainda não divulgaram os resultados. Enquanto esperam os resultados, as pessoas especulam qual o causador do problema.

Homem coçando a pele
Autoridades de Recife investigam lesões na pele que apareceram em 79 pessoas. Imagem: Prostock-studio/Shutterstock

“Algumas pessoas diziam que era a água, outras que era por conta dos mosquitos. Depois descobrimos que estavam em outras comunidades também”, disse a paciente.

A secretária de Saúde de Recife afirmou, em nota, que está buscando esclarecer o motivo para as lesões e que “tem discutido os casos com equipe clínica e que as investigações epidemiológica, entomológica e laboratorial estão em andamento”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!