Uma pesquisa recente do Twitter revela que nunca se discutiu tanto sobre finanças no microblog. Quer um exemplo prático? O estudo aponta que 14 milhões de postagens foram sobre investimentos de janeiro a setembro de 2021 no Brasil, um salto de 400% frente ao mesmo período do ano passado.

Quem também se destacou foi a hashtag #criptomoedas, que responde por 62% de todas as postagens sobre finanças na rede social. Ao todo, foram mais de 4 milhões de tuítes sobre criptoativos na plataforma, metade deles postagens de brasileiros na faixa dos 24 anos.

publicidade
Logo do Twitter em smartphone
Nunca se falou tanto sobre finanças no Twitter. Imagem: XanderSt/Shutterstock

Uma estatística que pode ajudar a entender essa tendência é: o índice de pessoas que investem no mercado cripto é 40% maior no Twitter se comparado com outras redes sociais como Facebook, Instagram e TikTok, um dado divulgado pelo ‘Marketing Insights & Analytics’ da rede social — 53% deles acreditam que as criptomoedas são o futuro das operações financeiras.

Veja também

A pesquisa também indicou alguns perfis financeiros dos brasileiros no microblog: 94% têm conta em algum banco, 87% poupam dinheiro de alguma forma e 79% possuem cartão de crédito.

O estudo também aponta que os usuários do microblog estão procurando novas maneiras de investir. Para 2022, por exemplo, 81% planejam poupar mais, enquanto 66% procuram diversificar seus investimentos em busca de mais rendimento.

Por fim, apesar das incertezas na economia, os números do Twitter reforçam que as criptomoedas estão caindo no gosto popular dos investidores brasileiros. A possibilidade de negociar bitcoins através do Mercado Pago, uma novidade recente anunciada pelo Mercado Livre, é mais um indício que reforça essa tendência.

Via: Bloomberg, Cointelegraph

Imagem principal: Ink Drop/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!