A picape elétrica Cybertruck, da Tesla, alcançou a marca de US$ 80 bilhões de reservas (em nossa moeda, por volta de R$ 448 bilhões hoje, 25/11). Dois anos após Elon Musk revelar em uma livestream fechada o veículo de baixa contagem de polígonos, cerca de 1,27 milhão de possíveis compradores já estão na fila para ter o seu, na expectativa e superando adiamentos.

Para termos uma ideia do nível de empolgação, mais de 250 mil reservas da caminhonete foram feitas só na primeira semana após ela ser anunciada naquele novembro de 2019. O registro atual de US$ 80 bilhões em reservas da Cybertruck significa que a picape elétrica da Tesla tem o maior número de reservas que qualquer outro veículo até hoje.

publicidade
Tabela com informações sobre reservas da Cybertruck
Imagem: Reprodução/Electrek.co

As informações são de que algumas lojas da empresa estavam recebendo centenas de reservas do Cybertruck por semana mesmo durante a pandemia (e as pré-encomendas da picape até ajudaram a aumentar as vendas nos locais). Segundo a contagem, o total de reservas ultrapassou a casa do milhão em maio deste ano.

Mais fácil reservar a Cybertruck do que comprar

No site da Tesla, a área de reservas da Cybertruck conta com a opção de depósito de US$ 100 (R$ 561) para o interessado. Esse baixo valor pode ser um dos principais fatores para o índice tão alto de reservas (ainda mais levando em consideração que o valor costumava ser de US$ 1 mil para interessados no Model 3 e no Model Y).

Essa reserva é também reembolsável – ou seja, pode muito bem ser possível que não tenhamos mais de 1,27 milhão de picapes da montadora rodando por aí quando ela sair. Outro ponto observado agora é que a Tesla informa que “você poderá concluir sua configuração quando a produção se aproximar em 2022”. A empresa decidiu remover referências a acabamentos e preços da Cybertruck de seu site no mês passado.

A maioria dos detentores de reservas buscou as configurações de motor duplo e triplo expostas antes, em vez do design de motor único de nível básico. Este último deve ter um preço inicial de US$ 39 mil, mas os dados indicam que o preço médio de varejo está atualmente em US$ 58 mil. Respectivamente, o valor passou de R$ 219 mil para R$ 325, em conversão direta, desconsiderando diferenças de impostos ou taxas.

Leia mais:

Nesse meio tempo, novos rivais da Cybertruck começaram a surgir, como a picape Hummer da GM e a Ford F-150 Lightning (com seu porta-malas na parte da frente). Há também a caminhonete Rivian R1T, que acaba de sair da linha de produção. Porém, esta última é vista mais como um veículo de nicho premium devido ao seu preço de US$ 73 mil (R$ 409 mil em valores convertidos diretamente).

Um fator totalmente determinante na batalha dessa categoria de EVs é qual montadora pode atingir o volume de produção e entregas primeiro. A Gigafactory de Austin, no estado americano do Texas – onde a Cybertruck será produzida, está quase concluída.

A Tesla vai gastar pelo menos US$ 1,06 bilhão na instalação e espera terminá-la ainda este ano, como mostram documentos. O início da produção da caminhonete elétrica da Tesla está esperado para o final de 2022. Enquanto isso, a empresa de Elon Musk continuará a aceitar reservas de suas picapes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.