O BMW Group está levando seu eDrive Zones para mais 20 cidades europeias, alcançando o total de 138 cidades no continente comportando essa tecnologia focada na direção elétrica. Para o próximo ano, a empresa alemã pretende implementar a função em pelo menos outras 30 cidades em todo o mundo.

O eDrive Zones, como o nome diz, é baseado em zonas específicas para o uso do recurso eDrive. Esse serviço digital muda automaticamente um veículo híbrido para o modo de direção elétrica sempre que ele entra em uma “zona verde”, como as existentes em áreas centrais das cidades europeias. O propósito dessa função única no mundo é ajudar a aumentar a quantidade de condução elétrica por modelos plug-in da BMW.

publicidade
veículo da BMW em uma eDrive Zone
Veículo da BMW em uma zona verde – Imagem: Divulgação/BMW Group

O eDrive Zones está agora disponível como padrão em vários modelos híbridos plug-in da montadora alemã e usa tecnologia de geo-fencing via GPS para localização e ativação. Com o recurso ativado, esses veículos dirigem localmente sem emissões – como carros puramente elétricos – e com baixo custo de combustível, já que os motores elétricos são muito mais eficientes do que os motores a combustão para dirigir no trânsito urbano.

Os motoristas também são recompensados ​​com pontos de bônus para cada quilômetro totalmente elétrico dirigido (recebendo o dobro de pontos em uma zona eDrive). Conforme a pontuação do programa de fidelidade da empresa, é possível fazer um resgate para usar como crédito de cobrança. Os motoristas também coletam pontos de bônus enquanto carregam seus veículos.

Mais de 3 milhões de quilômetros “elétricos” nas eDrive Zones

tela interna de um veículo da BMW com o recurso eDrive Zones
Quando o serviço é ativado, cada zona eDrive disponível no mapa de navegação é destacada graficamente no visor de controle – Imagem: Divulgação: BMW Group

Para ilustrar o sucesso de seu eDrive Zones, a BMW apontou que, desde de que foram implementadas, as zonas colocaram um veículo plug-in da marca em modo de direção elétrica cerca de 30 mil vezes por dia na Europa. Além disso, mais de 75% de todas as viagens em uma zona eDrive são concluídas no modo de direção elétrica.

Desse montante, cerca de 40 por cento dos motoristas já entram nas áreas designadas usando o modo elétrico. Enquanto isso, um adicional de 35 por cento muda para o modo de direção elétrica usando a função automática eDrive Zone.

Somente no último trimestre, os modelos híbridos plug-in da BMW dirigiram 3,3 milhões de quilômetros adicionais em modo de direção elétrica dentro das zonas eDrive. Outro benefício apontado pela BMW a respeito do uso de tração elétrica nas cidades tem a ver com os veículos se movendo de forma mais silenciosa. Dessa forma, também ajudando a melhorar a qualidade de vida em ambientes urbanos.

O objetivo da BMW é fornecer incentivos para aumentar ainda mais a quota de condução elétrica de seus clientes híbridos plug-in. A meta da frota da empresa é de 50% menos emissões de CO2 por quilômetro até 2030.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.