Treze novos casos da variante Ômicron do coronavírus foram identificados pelo governo de Portugal. Todos os infectados pertencem ao time de futebol Belenenses SAD. As informações foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) nesta segunda-feira (29).

A cepa se espalhou entre os atletas após um deles viajar recentemente à África do Sul. De acordo com as autoridades, por se tratar da Ômicron, uma variante nova, os jogadores e as pessoas com quem tiveram contato ficarão em isolamento mesmo se estiverem com esquema vacinal completo. O Belenenses enfrentou a equipe do Benfica neste fim de semana pelo Campeonato Nacional de Portugal.

publicidade
Portugal Ômicron
Portugal identificou treze casos da nova variante Ômicron. Imagem: Shutterstock

Ômicron causou ‘sintomas leves’ até o momento

Segundo uma médica sul-africana que já tratou cerca de trinta pacientes com a variante Ômicron da Covid, os pacientes que contraíram a nova cepa do vírus apresentam apenas “sintomas leves” e que, por enquanto, estão passando pelo período de recuperação sem precisar da internação.

Leia mais:

Durante os últimos dez dias, Angelique Coetzee, que também é presidente da Associação Médica da África do Sul, recebeu pacientes infectados pela Covid, mas com sintomas incomuns. “O que os levou a me consultar foi um grande cansaço”, disse ela à AFP.

A maioria eram homens com menos de 40 anos e quase metade deles estava vacinada. Eles sofriam de dores musculares, tosse seca ou “coceira na garganta”, de acordo com a médica. Poucos tiveram febre baixa.

Em 18 de novembro, Coetzee alertou as autoridades sanitárias para este “quadro clínico que não coincide com a [variante] Delta”, pois a variante está predominante na África do Sul.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Com informações d’O Globo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!