A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) solicitou novos dados à Pfizer, Fiocruz, Butantan e Janssen sobre a eficácia das vacinas contra a Covid-19 contra a variante Ômicron. A previsão é de que os testes sejam concluídos já nas próximas semanas.

De acordo com a agência, apesar da necessidade de averiguação dos impactos da nova cepa em relação à cobertura vacinal, a imunização continua efetiva na prevenção à Covid-19. Além disso, a vacinação é a melhor forma de prevenir hospitalizações e mortes pela doença.

publicidade

“A Agência solicitou às desenvolvedoras de vacinas informações sobre os estudos em andamento”, declarou a Anvisa em nota à imprensa. A solicitação acontece porque é necessário que as fabricantes estejam sempre monitorando quais os impactos das variantes na eficácia das vacinas.

“É preciso observar, porém, que esses estudos demandam tempo, uma vez que é preciso obter informações genéticas e amostras de pacientes para então realizar os testes e a análise”, conclui a agência.

A variante Ômicron no Brasil

Foto da Avenida Paulista, deixando o MASP em destaque
Todos os casos da variante Ômicron diagnosticados até o momento aconteceram em São Paulo. Imagem: Thiago Leite/Shutterstock

Até o momento, foram confirmados três casos da variante Ômicron no Brasil. Todos os diagnósticos se deram no estado de São Paulo e se tratam de casos leves. Os dois primeiros casos foram diagnosticados no fim da tarde da última terça-feira (30).

Os primeiros pacientes são um homem de 41 anos e sua esposa, de 37. Os dois são missionários e vivem na África do Sul. Ao chegar no Brasil, os dois testaram negativo para Covid-19, porém, ao fazer novos exames, a fim de voltar para o país africano, os resultados foram diferentes.

Leia mais:

Já o terceiro caso é de um homem de 29 anos anos que desembarcou no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, no último sábado (27), vindo da Etiópia. Os três casos foram confirmados por meio de sequenciamento genético realizado no Instituto Adolfo Lutz.

Via: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!