Após momentos de apreensão no início da semana com a possibilidade do cometa C/2021 A1 “Leonard” estar se desintegrando, as últimas notícias não poderiam ser melhores: o astro passa bem, e seu show de final de ano está mantido!

A conclusão surge após diversas observações feitas nos últimos dias. As imagens registradas mostram um núcleo aparentemente íntegro e uma luminosidade que voltou a aumentar acompanhando a curva de brilho teórica calculada para esse cometa. 

publicidade
Cometa C/2021 A1 Leonard registrado a partir do Novo México, EUA – Créditos: Marcelo Zurita

Entretanto, a forma da coma (nome dado à nuvem de poeira e gás que circunda o núcleo de um cometa) do Leonard se tornou particularmente incomum. Invés de uma coma circular como ocorre na maioria dos casos, o cometa passou a apresentar uma coma ovalada, em formato que lembra uma “coxinha”.

Esse formato pode ser facilmente percebido na imagem abaixo, resultado de um processamento realizado por Jose Navarro em uma imagem captada por Pepe Manteca.

Imagem do Cometa C/2021 A1 Leonard processada e em cores falsas – Créditos: Pepe Manteca / Jose Navarro

A partir da análise da imagem, os astrônomos concluíram que não há evidências físicas de fragmentação ou ruptura do núcleo do cometa. 

Leia mais:

Somando-se a isso, os dados da COBS (Base de Dados de Observações de Cometas) indicam que o brilho do Cometa Leonard voltou a crescer. Algumas das últimas observações reportadas já indicam que o cometa brilha em magnitude 6.5 e está próximo de se tornar visível a olho nu, o que deve ocorrer na próxima semana. 

Curva de brilho do cometa C/2021 A1 Leonard. A linha laranja indica o brilho esperado e as cruzes, o brilho medido nas observações, o que indica uma retomada do aumento do brilho – Créditos: cobs.si

O Cometa já pode ser visto por telescópio ou binóculos no horizonte leste antes do nascer do Sol. Mas a partir da próxima semana ele deve desaparecer no brilho da aurora e só reaparecer a partir do dia 15, dessa vez no horizonte oeste, no início das noites.

E é nesse momento que, se tudo correr bem com o cometa, ele vai iniciar seu show de final de ano. E para esse show os brasileiros terão visão privilegiada. Vai valer a pena acompanhar a evolução do Cometa Leonard, que tem tudo para ser o cometa do ano.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!