Felipe Neto voltou a mencionar as criptomoedas em seu perfil no Twitter. Dessa vez para destacar o salto recente na cotação do criptoativo Mobox (MBOX), mais um dos tokens ligados ao metaverso. O ativo digital bateu uma nova máxima esta semana, chegando a ultrapassar a marca de US$ 15.

A valorização o incentivou a defender o investimento em ativos digitais no microblog e convidar seus seguidores a estudar sobre esse mercado: “Em 6 meses estou com 67% de rendimento. Se eu aprendi esse troço, um chimpanzé consegue aprender”, escreveu. 

publicidade
Criptomoeda Mobox (MBOX); Felipe Neto volta a falar sobre criptomoedas no Twitter
Símbolo do criptoativo Mobox (MBOX). Imagem: WindAwake/Shutterstock

Ao falar sobre o desempenho da moeda digital, ele também aproveitou para criticar os portais que noticiaram as quedas do ativo:

Dono de um dos maiores canais brasileiros do YouTube, Felipe falou pela primeira vez sobre o potencial da MBOX em agosto, mês em que a criptomoeda chegou a valer mais de US$ 10. Entretanto, em setembro o token enfrentou um período de retração.

Além da Mbox, Felipe Neto também investe em bitcoins e revelou em agosto que também possui outras criptomoedas em seu portfólio de investimentos.

Veja também

Valorização da MBOX

O preço da MBOX bateu seu um novo topo histórico de US$ 15,44 nesta quarta (1). Atualmente, o ativo vale cerca de US$ 10 e acumula queda diária de 10,2%, segundo a CoinGecko.

Algo que explica o salto na valorização da criptomoeda foi o lançamento de uma fase do ‘MOMOverse’, o jogo pago “alimentado” pela Mobox (MBOX), que ocorreu na terça (30).

O projeto fez uma parceria com a Binance, a maior corretora do mercado cripto, para distribuir NFTs baseados no game. Segundo os criadores, mais de um milhão de usuários já se registraram em questão de horas. 

Via: Portal do Bitcoin

Imagem principal: Reprodução/Instagram

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!