Após a saída de Jack Dorsey do posto de CEO do Twitter, o novo mandatário da rede do passarinho, Parag Agrawal, chegou abalando as estruturas da empresa. Agrawal anunciou que realizará uma “grande reorganização” dentro da companhia, o que inclui a demissão de pessoas em postos-chave.

Entre as primeiras pessoas dispensadas pelo novo CEO do Twitter, estão nomes como o do chefe de engenharia, Michael Montano e do chefe de design, Dantley Davis. De acordo com a rede social, as demissões são parte da visão que Agrawal tem para o futuro da empresa.

publicidade

“Parag está focada na excelência operacional e na configuração do Twitter para atingir seus objetivos; essas mudanças foram feitas com isso em mente”, declarou um porta-voz da empresa ao portal de tecnologia estadunidense Engadget.

Mudanças significativas

A visão de Parag inclui a mudança da gestão do Twitter para um modelo de gerente geral nas equipes de organização de produto e tecnologia. “Isso nos permitirá operar de forma mais multifuncional e possibilitar uma tomada de decisão mais rápida e informada”, declarou o porta-voz.

Em sua conta no Twitter, o agora ex-chefe de design do Twitter, Dantley Davis, postou uma foto de sua ex-equipe para comemorar os feitos do período em que esteve no cargo. “Obrigado a todos que fizeram isso especial. Significou mais do que palavras podem descrever”, escreveu Davis.

Sara Beykpouf, que trabalhava na equipe de produto do Twitter, também postou em sua conta na rede social que esta sexta-feira (3) seria seu último dia trabalhando na empresa. Porém, não está claro se sua saída é parte da onda de demissões promovida pelo novo CEO do Twitter.

Falando a mesma língua

De acordo com o The Washington Post, um comunicado interno do Twitter dizia que Montano e Davis devem ficar na empresa até o final de dezembro. Além disso, a mensagem destaca que a remodelação deve ter como foco as divisões de consumo, receita e tecnologia central da empresa.

Leia mais:

Essas três áreas terão as direções de Kayvon Beykpour, Bruce Falck e Nick Caldwell, respectivamente. As demissões promovidas por Agrawal refletem o mesmo sentimento passado pela divisão de relação com investidores da empresa.

“Acreditamos que a Parag pode nos ajudar a tomar decisões mais rapidamente e ser mais claros sobre onde tomar decisões certas”, disse a rede social em sua conta oficial para relações com investidores.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!