A 2TM, empresa que controla a corretora brasileira de criptomoedas ‘Mercado Bitcoin’, anunciou esta semana que recebeu um aporte de US$ 50 milhões (R$ 282,7 milhões na cotação atual). O cheque foi liderado pelas firmas americanas 10T Holdings e Tribe Capital.

A quantia faz parte da segunda rodada de investimentos que começou em julho com um cheque de US$ 200 milhões (R$ 1,13 bilhão) do fundo latino-americano SoftBank em julho, o que elevou a capitalização da 2TM para US$ 2,15 bilhões. A primeira rodada foi em janeiro, com um aporte de R$ 200 milhões da GP Investments e Parallax Ventures.

publicidade

Atualmente, a empresa é o primeiro unicórnio (avaliada em mais de US$ 1 bilhão) do mercado cripto na América Latina.

Dona da corretora de criptomoedas Mercado Bitcoin capta US$ 50 milhões
Mercado Bitcoin movimentou mais de R$ 40 bilhões em criptomoedas este ano. Imagem: astro boie/Shutterstock

Segundo o cofundador da 2TM, Gustavo Chamati, o reforço no caixa será utilizado para expandir os negócios para outros países da América Latina, como Chile, Colômbia, México e Argentina.

Sobre o investimento, o executivo comentou: “Depois de um caminho tortuoso tentando traduzir uma tecnologia tão disruptiva quanto o blockchain, finalmente conseguimos convencer os investidores brasileiros sobre suas possibilidades e também os fundos de venture capital sobre o potencial dos mercados latino-americanos”.

Veja também

Por fim, além dos investimentos, a companhia divulgou que a sua corretora de criptomoedas (fundada em 2013) atingiu 3 milhões de clientes e movimentou mais de R$ 40 bilhões em 2021, mais do que todos os anos anteriores de operação juntos. A 2TM, por sua vez, expandiu o seu quadro de funcionários, passando de 200 para 700 colaboradores. 

O presidente da companhia, Roberto Dagnoni, acrescenta que a ideia é buscar outra rodada de investimento antes de considerar outro passo adiante, a abertura de capital da 2TM na bolsa (IPO).

Via: Infomoney

Imagem principal: Jarretera/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!