Poucos tweets podem se gabar da densidade de informação daquele postado esta semana com uma ameaça contra o homem mais rico do mundo. Nele, a cantora, compositora e atriz Courtney Love diz ter secretamente recebido e-mails de um grupo privado em que Elon Musk participava. E dá a entender que pode vazá-los.

Uma tradução mais clara que fiel, sem tentar recriar em português o estilo:

@elonmusk Você sabe daquele seu grupo de e-mails heterossexual, masculino, da máfia do PayPal? Eu estava em CCO [isto é, recebendo em cópia oculta] por MESES naquela coisa [emoji de chaleira] Com essa informação em mente, você não acredita que numa “sociedade civilizada” alguém não deva apoiar pagar sua porção justa de impostos? Não incomode o Bernie. Isso é uma [palavrão] de Kendall Roy.

Courtney Love

O cerne da mensagem é bem claro. A cantora afirma ter recebido em segredo por meses e-mails de um grupo privado, e provavelmente comprometedor, e não só para Musk.

“Máfia do PayPal” é um termo pejorativo para antigos funcionários do PayPal que se tornaram grandes nomes na indústria da tecnologia. Além de Musk, são considerados “membros” nomes como o fundador do PayPal Peter Thiel, Russel Simons, fundador do Yelp, Yishan Wong, que foi CEO do Reddit, e os criadores do YouTube Steve Chen e Chad Hurley. Musk eclipsou todos em fortuna.

E a chaleira é uma ameaça: significa que ela pode “derramar” (um outro jeito de dizer vazar) esses e-mails.

A outra parte tem a ver a conversa na qual Love interveio. Elon Musk fez um comentário sarcástico num tweet do senador Bernie Sanders, que foi candidato a candidato presidencial em 2020 nas prévias do Partido Democrata, perdendo para o atual presidente Joe Biden. Sanders havia dito “Exigimos que os extremamente ricos paguem sua justa porção. Ponto final”. Porção, no caso, de impostos. Ao que Musk, que não havia sido citado (mas é, obviamente, extremamente rico), respondeu: “Eu vivo esquecendo que você ainda está vivo”.

Quando a Kendall Roy, é um personagem fictício. Na série da HBO Succession, iniciada em 2018, Kendall o o segundo filho mais velho de Long Roy, dono de um conglomerado de mídia, luta pela sucessão. Para cultivar uma imagem popular simpática, ele usa o Twitter.

De onde Love teria os e-mails de Musk?

A bizarrice da história é pela ameaça não vir de uma autoridade de segurança, mas de uma celebridade do rock. Mas não é absurdo hipotetizar que, de alguma maneira, uma pessoa ligada à música como Courtney Love pudesse acabar incluída no grupo de e-mails secreto de Musk. O círculo de relações do ultra-rico era próximo de gente da música: era casado com a multi-instrumentista Grimes. Pessoas nesse círculo poderiam ter incluído Love na lista.

Se Courtney Love acende luzes no painel de todo mundo que viveu os anos 1990 e/ou se interessou por rock, ainda assim vale sua apresentação: ela foi a vocalista da banda Hole (extinta em 2012) e viúva de Kurt Cobain, do Nirvana, uma das bandas mais influentes da história do rock. É mãe da artista visual Francis Bean Cobain, nascida de ambos em 1992, mas criada pela avó.

Após o suicídio de Kurt, em 1994, seu nome circulou pelas notícias com uma acusação de seu comportamento ter induzido à morte do mega-astro (que odiava ser mega-astro). Uma história que é melhor nem começar a abordar.

Aparentemente, Love não vai vazar esses e-mails se Musk se comportar. Ela emendou outro tweet após o primeiro:

Que diz:

@elonmusk Relaxa! Eu sou uma BOA Rainha [emoji de coroa] Capitalismo & o Sonho Americano foram bons para você. Seja bom para eles. #apenaspagueseusimpostosparceiro

Courtney Love

O que não quer dizer que, se ela disse a verdade, não continue a ter os tais e-mails e não possa se irritar novamente a qualquer momento. Musk não respondeu.

Imagem: Matteo Chinellato/Shutterstock

Atualizado em 04/12/2021, 14h02: adicionada explicação sobre o que é a “Máfia do PayPal”.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!