Uma pesquisa realizada pela Info Tracker, plataforma de dados da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (Unesp), apontou que oito em cada dez pessoas que morreram de Covid-19 no Brasil não tomaram nenhuma dose da vacina. 

Entre o primeiro dia de março e 15 de novembro deste ano foram registrados 306.050 óbitos por Covid-19. Cerca de 79,7% (243 mil) vítimas não haviam tomada nenhuma dose da vacina, enquanto 10,7% (32 mil) completaram o ciclo vacinal. E o óbito de pessoas que tomaram apenas uma dose do imunizante foi de 9,7% (29 mil).  

publicidade

Leia também!

Vale ressaltar que as segundas doses da vacina contra a Covid-19 começaram a ser aplicadas em março de 2021. Além disso, especialistas explicam que a vacina não garante 100% de sucesso no combate a Covid-19, mas reduz drasticamente os riscos de infecção e desenvolvimento de uma forma grave da doença.  

Desde o início da aplicação da segunda dose no Brasil, as mortes por Covid-19 no país despencaram cerca de 94%, comprovando a importância e eficácia do imunizante. Em março foram registrados 89,6 mil óbitos, em outubro foram 5.744.  

Covid-19: 80% dos mortos e internados no Brasil não tomaram vacina. Imagem: DEIVIDI CORREA DE SOUZA / Shutterstock

Ao analisar o mesmo período entre março e novembro, foi possível identificar cerca de 981 mil pacientes internados por Covid-19, 81,7% (802 mil) não haviam tomado nenhuma dose do imunizante. As pessoas que completaram o ciclo vacinal representam 93 mil internações (9,6%), enquanto aqueles que tomaram apenas uma dose da vacina totalizam 85 mil (8,7%) intervenções hospitalares.  

“O total absoluto de óbitos e internações ao longo do período tem caído de forma acentuada e sustentada graças à vacinação”, ressaltou um dos coordenadores da Info Tracker e professor da Unesp, Wallace Casaca.  

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!