As autoridades de saúde da Dinamarca pontuaram que o país viu um salto “preocupante” para 183 casos confirmados da variante Ômicron da Covid-19. O número representou um índice três vezes maior de casos confirmados em 48 horas, de 18 casos confirmados e 42 casos suspeitos na última sexta-feira, segundo os dados do instituto de saúde pública SSI.

O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) registrou anteriormente 182 casos em toda a União Europeia, além da Noruega e da Islândia. Agora, a Dinamarca é um dos países mais avançados da Europa no sequenciamento de variantes da Covid-19.

publicidade

De acordo com o chefe do local, existe um aumento de casos de Ômicron e isso é “preocupante”, acrescentando que “agora existem cadeias de infecção onde a variante é encontrada em pessoas que não viajaram para o estrangeiro ou não tiveram contacto com viajantes”. Recentemente, a variante Ômicron já havia sido relatada em 17 países da região.

Ômicron Japão
Japão confirma primeiro caso da Ômicron. Imagem: Shutterstock

Leia também!

Além disso, “a maioria dos casos confirmados tem um histórico de viagens para países da África, com alguns tendo voos de conexão em outros locais entre a África e a Europa”, de acordo com ECDC em seu site.

No entanto, “vários países como Bélgica, Alemanha, Espanha detectaram casos sem ligação epidemiológica a áreas onde a transmissão comunitária da variante Ômicron está documentada ou presumida”, acrescentou e “isso indica que a transmissão na comunidade não detectada pode estar em andamento nesses países.”

Fonte: Medical Xpress

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!